skip to Main Content

Quando circunstâncias preocupantes invadem a mente – dia 28

Circunstâncias Preocupantes - Covid-19

A mente parecia que iria explodir talvez fosse compreensível se fosse ao fim do dia, mas não, ainda eram 5h30 da manhã. De forma avassaladora os problemas tomaram conta do momento que deveria trazer paz e tranquilidade. Algo que costuma funcionar bem, mas hoje não. À medida que as circunstâncias preocupantes invadiam os pensamentos, na mesma hora eram levados em oração. Você pode perguntar por quê?

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Adianto, oração sem fé é em vão. No livro de Mateus 21:22, na Nova Versão Transformadora, diz “Se crerem, receberão qualquer coisa que pedirem em oração”. É condicional. Eu acredito que quando oro, Deus ouve minhas aflições e me ajuda a carregá-las. Creio que no tempo dEle, que é perfeito, irá me responder.

O apóstolo Tiago ainda alerta que “quando [as pessoas] pedem, não recebem, pois seus motivos são errados; pedem apenas o que lhes dará prazer”. (Tg 4:3 NVT). Além de crer é necessário pedir segunda a vontade de Deus, para que esse desejo seja cumprido. Quando penso nesse versículo lembro do filme quando Jim Carrey se torna Deus no filme Todo Poderoso. É uma boa comédia e leva à reflexão de que Deus sabe o que é melhor e é isso que faz para o ser humano. Quando Jim Carrey diz “sim” a todas as orações porque não aguentava mais recebê-las, o mundo entra em colapso incluindo vários ganham na loteria. Quem nunca apostou e pediu para Deus abençoar o jogo que atire a primeira pedra! 😝

Fato é que somos humanos e diante de tantas incertezas os medos, as preocupações e ansiedades podem dominar a mente e o coração se deixarmos. Novamente, é condicional. Mas o que fazer para não deixar ser consumido pelas angústias da vida? 

“Não vivam preocupados com coisa alguma; em vez disso, orem a Deus pedindo aquilo de que precisam e agradecendo-lhe por tudo que ele já fez. Então vocês experimentarão a paz de Deus, que excede todo entendimento e que guardará seu coração e sua mente em Cristo Jesus. Por fim, irmãos, quero lhes dizer só mais uma coisa. Concentrem-se em tudo que é verdadeiro, tudo que é nobre, tudo que é correto, tudo que é puro, tudo que é amável e tudo que é admirável. Pensem no que é excelente e digno de louvor.”

Filipenses 4:6-8 NVT

Paulo revela o segredo que possibilita não somente não ser consumido pelas angústias da vida mas que permite experimentar uma paz que a mente humana não é capaz de compreender. Para obter isso, demonstre gratidão à Deus por tudo que ele já fez e deu. Ele aconselha que podemos pedir aquilo que é necessário e não apenas o que deseja, consegue perceber a diferença? 

A segunda observação que o autor de Filipenses faz é que os pensamentos devem ser policiados, ou seja, ocupe a mente com aquilo que é nobre, verdadeiro, puro, correto, amável,  admirável e digno de elogios.

Sim, há possibilidade de reclamar de diversas coisas durante a quarentena, a lista poderia ser sem fim. Mas o que irá mudar? Ao assimilar e aceitar as mudanças que aconteceram predispõe para que a mente encontre pontos positivos em meio ao caos.

Pode não parecer tão simples quanto 2+2=4, mas garanto que a questão é resolvida com o exercício diário. Uma dica: anote as coisas boas que acontecem no dia a dia, como se fosse um diário mesmo. As anotações permitirão esse novo olhar para as circunstâncias.

No começo desse exercício pode ser desafiador, mas com o tempo verá que tem muitas coisas pelo qual demonstrar gratidão. Quando vier um pensamento de gratidão por uma coisa tão simples não ignore. Anote! Muitas vezes eu já agradeci pelo fato de poder ouvir o galo e os passarinhos cantarem durante a meditação matinal.

O que fazer quando circunstâncias preocupantes invadem a mente?

A vida é cercada de desafios, em quarentena, alguns deles podem virar grandes Golias. Esse texto trouxe luz sobre alguns aspectos, mas de todo modo quero recapitular o que você pode fazer quando as circunstâncias preocupantes invadem sua mente. Seja sábia e lembre-se:

  1. Faça uma oração de gratidão: você tem muito pelo que agradecer pela vida, pelo ar, pelas roupas, pela comida, pela casa (mesmo alugada), pela família, pelo gato, cachorro, pela grama, pelo sol, pela chuva e a lista é imensa.
  2. Abra seu coração: coloque diante de Deus todas as suas necessidades. Se você sente que precisa de paz para seu coração, de alegria, de tranquilidade, de aconchego, esperança fale para Ele. Sei que algumas pessoas não sabem como orar, mas imagem que você está falando com seu melhor amigo. Não precisa de formalidades, mas se quiser fechar o olho facilita na concentração.
  3. Ocupe sua mente com bons pensamentos: pense em coisas nobres, verdadeiras, puras, amáveis, admiráveis e dignas de elogio.

Se puder começar o dia assim, muito bom! Se fizer ao fim do dia, maravilhoso. Se conseguir fazer nos dois período, excelente! Não se deixe levar pelas coisas negativas da mídia, dos grupos do WhatsApp ou Facebook. Acredite que diante de todas essas circunstâncias preocupantes que invadem a mente você vai se reinventar! Pirar não é opção. Em meio ao caio, você aprendeu a ser mais forte, mais sábia ocupar seus pensamentos com as verdade do alto e ser mais resiliente!

Diário de uma mãe em quarentena
1. O dia que parecia que não tinha fim – dia 12
2. A sociedade que não existirá mais – dia 13
3. Uma tempestade em dia de sol — dia 14
4. Nada como um dia após o outro – dia 15
5. Home school: desafio imposto pelo coronavírus – dia 16
6. O renovo de um abraço – dia 17
7. Como dispensar o tédio na quarentena? – dia 18
8. O motivo que nos fez sair de casa: vitamina D – dia 19
9. As dores do ócio na quarentena – dia 20
10. Uma arca chamada casa – dia 21
11. Esperança por dias melhores e a Páscoa – dia 22
12. Tradição que marcou a história da humanidade – dia 23
13. Profundas reflexões ou pirações de uma mãe em quarentena! – dia 24
14. Páscoa em família durante a quarentena – dia 26
15. Segunda-feira nossa de cada semana – dia 27
16. Quando circunstâncias preocupantes invadem a mente – dia 28
17. A loucura virou rotina com o vírus chinês – dia 29
18. 30 dias em quarentena e um novo normal – dia 30
19. As respostas que ninguém tem – dia 31
20. É possível se sentir livre e leve dentro de casa? – dia 32
21. A privação da liberdade não acabou – dia 33
22. Borbulhas – dia 34
23. Vassoura em busca do sindicato – dia 35
24. Aulas práticas de química na maternidade – dia 36
25. Jejum de palavras negativas – dia 37
26. Coisas simples da vida que fazem a diferença – dia 38
27. O olhar da janela: o que ele comunica para você? — dia 39
28. Quarenta dias de um diário de uma mãe em quarentena – dia 40
29. Paciência: a palavra da quarentena – dia 41
30. A brevidade dos nossos dias – dia 42
31. Dias e dias: os altos e baixos da quarentena – dia 44
32. Senhor avestruz e sua cara de paisagem – dia 48
33. Um dia exclusivo para as meninas – dia 53
34. Dia das Mães na quarentena – dia 54
35. Quando a falta de perspectiva bate na porta – dia 55
36. Desistir ou não, eis a questão? – dia 56
37. Detalhes contém um grande significado – dia 57
38. Peço licença para um pequeno desabafo – dia 58
39. Mozart e o poder do foco – dia 59
40. Sessenta dias em quarentena – dia 60

Terça-feira, 14 de abril de 2020

Back To Top