skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Uma arca chamada casa – dia 21

Uma Arca Chamada Casa – Dia 21

Você já deve ter ouvido a história da arca de Noé, onde Deus o manda construir um barco gigante para abrigar vários animais, sementes e sua família. Nessa quarentena estamos vivendo dias muito diferentes, que nunca imaginamos ser possível em nosso tempo. Às vezes parece que estou sozinha nesse barco junto com minha família, mas quando entro nos grupos de WhatsApp das escolas das crianças vejo que todos estamos na mesma arca chamada casa. 

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

O decreto do governador do estado de Santa Catarina prorrogou mais uma vez o isolamento social na esperança de controlar que o coronavírus se espalhe rapidamente pelo estado. A situação é preocupante, principalmente porque muitos que deveriam deixar seus comércios fechados estão trabalhando, sem dúvidas teremos consequências severas diante desse quadro de negligência. Sei que muitos dependem financeiramente para sustentarem suas famílias, e não quero entrar nessa questão. Mas vi muitas pessoas trabalhando sem os cuidados essenciais para a não proliferação do vírus. Que Deus nos proteja. 

Fui abrir a agência para dar uma arejada, após duas semanas fechada. Era apenas eu e mais a funcionária responsável pelo serviço. Senti uma nostalgia por entrar no ambiente de trabalho, saudades do café e das conversas das pessoas. Era estranho estar na rua sem máscara (porque as nossas só chegaram de tarde) e ao mesmo tempo era estranho encontrar pessoas na rua sem elas. É algo tão óbvio que o governo nem precisaria “obrigar” a utilização da mesma, é uma questão de bom senso. 

Quando paro para pensar que a arca chamada casa é o que nos traz proteção, aconchego e confiança de que tudo isso vai acabar sinto compaixão por aqueles que não tem esse suporte físico e emocional que nós temos e damos um ao outro. As crianças nos deixam maluca? Sim! Estão cheias de energia? Sim! Temos que ajudá-los nas tarefas de casa? Sim. Mas tudo isso nos dá sentido de viver, de permanecer na luta, de acreditar e orar por dias melhores. 

Quem está sozinho em casa tem muito tempo para ficar pensando besteiras e são intoxicados pelas notícias negativas da mídia. Vivem numa bolha tóxica. Se não manter a mente ocupada com coisas produtivas: um novo curso na área de atuação profissional, aprender um novo idioma, ouvir podcasts que agregam valor, ler vários livros e fazer atividade física: vai pirar —  simples assim. 

A arca foi a proteção e a salvação para a família de Noé, e mais que nunca a arca chamada casa é a salvação das famílias no nosso tempo. Nela encontramos abrigo, afeto, afirmação, razão, motivação para continuarmos e nos empenharmos a cada dia. 

Além disso, para manter sua sanidade mental é preciso ser muito criativo com as crianças, eu confesso. A rotina pode ser a sua grande aliada, estabeleça horários para: estudar, ler, assistir, brincar e fazer uma atividade que gaste energia. Esteja preparada para repetir quando você fizer algo que eles gostem muito. Se você criar um circuito de atividades eles vão fazer até cansarem e no outro dia vão pedir novamente. 😅 Comemore, isso quer dizer que você está no caminho certo! Quanto mais tempo dedicamos para nossos filhos mais eles querem nossa companhia e atenção. Essa é a maneira que eles nos dizem que nos amam! 😍

Post Series: Diário de uma mãe em quarentena

Agradeça pela sua arca chamada casa! Não há lugar melhor no mundo para se estar, aproveite esse período de quarentena para viver dias inesquecíveis com sua família e se fortaleçam em unidade. O ano de 2020 entrou para a história, o que seus filhos contarão aos seus netos quando eles estudarem na escola sobre o coronavírus e o impacto mundial que ele trouxe para a humanidade? Quais lembranças eles terão desses dias?

Back To Top