skip to Main Content

Dia das Mães na quarentena – dia 54

Dia Das Maes Na Quarentena - Foto Flavia Koerich

Acordo com uma beijo do marido e meus dois filhos lindos e animados dizendo: “Feliz dia das mães!”, recebo meu presente e shake na cama. Tem coisa mais gostosa que essa demonstração de amor e carinho por parte daqueles que nos amam e nos cercam?

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Fomos almoçar na minha sogra e fazer o dia das mães na quarentena, meu e dela especial. Meu cunhado se prontificou em assar o churrasco, eu fiz a farofa, a sogra o arroz e as crianças puderam correr, brincar, pegar sol, se divertir e principalmente cansar!

Comemos um delicioso bolo no café da tarde feito pela Andrezza da Doce Canto e depois ainda brincamos de mata soldado na garagem da minha sogra. Não era um mata soldado tradicional, mas foi muito divertido, acho que foi o dia que mais caminhei desde que estamos nesse isolamento social. 

Depois disso, voltamos para casa, Cauê tinha encontro virtual com a turma dos Conectados da igreja e finalmente consegui falar com a minha mãe. Tinha tentado por duas vezes ligar para ela via WhatsApp com vídeo, mas a conexão estava ruim e não conseguíamos nos ver. Falamos calmamente e fizemos mais planos sobre quando tudo isso passar e pudermos tomar um cafezinho juntas novamente. As crianças não queriam desligar e ficaram se despedindo dezenas de vezes até que alguém tem que desligar né! Ficaram mandando beijos, dizendo que amam a avó e que estão com saudades. Essa saudade que não quer apertar o botão vermelho de desligar, que ver é bom mas não é suficiente, falta o beijo e o abraço de verdade, falta um cafuné.

Antes de colocar as crianças dormirem, liguei a TV para assistir Heartland, ficar esticada no sofá e curtir um pouquinho os baixinhos. Contei duas historinhas e capotaram de cansadas. Foi um Dia das Mães na quarentena bem simples, porém cheio de amor! 💞

 

Foto: Arquivo pessoal – Flávia Koerich

 

Diário de uma mãe em quarentena
1. O dia que parecia que não tinha fim – dia 12
2. A sociedade que não existirá mais – dia 13
3. Uma tempestade em dia de sol — dia 14
4. Nada como um dia após o outro – dia 15
5. Home school: desafio imposto pelo coronavírus – dia 16
6. O renovo de um abraço – dia 17
7. Como dispensar o tédio na quarentena? – dia 18
8. O motivo que nos fez sair de casa: vitamina D – dia 19
9. As dores do ócio na quarentena – dia 20
10. Uma arca chamada casa – dia 21
11. Esperança por dias melhores e a Páscoa – dia 22
12. Tradição que marcou a história da humanidade – dia 23
13. Profundas reflexões ou pirações de uma mãe em quarentena! – dia 24
14. Páscoa em família durante a quarentena – dia 26
15. Segunda-feira nossa de cada semana – dia 27
16. Quando circunstâncias preocupantes invadem a mente – dia 28
17. A loucura virou rotina com o vírus chinês – dia 29
18. 30 dias em quarentena e um novo normal – dia 30
19. As respostas que ninguém tem – dia 31
20. É possível se sentir livre e leve dentro de casa? – dia 32
21. A privação da liberdade não acabou – dia 33
22. Borbulhas – dia 34
23. Vassoura em busca do sindicato – dia 35
24. Aulas práticas de química na maternidade – dia 36
25. Jejum de palavras negativas – dia 37
26. Coisas simples da vida que fazem a diferença – dia 38
27. O olhar da janela: o que ele comunica para você? — dia 39
28. Quarenta dias de um diário de uma mãe em quarentena – dia 40
29. Paciência: a palavra da quarentena – dia 41
30. A brevidade dos nossos dias – dia 42
31. Dias e dias: os altos e baixos da quarentena – dia 44
32. Senhor avestruz e sua cara de paisagem – dia 48
33. Um dia exclusivo para as meninas – dia 53
34. Dia das Mães na quarentena – dia 54
35. Quando a falta de perspectiva bate na porta – dia 55
36. Desistir ou não, eis a questão? – dia 56
37. Detalhes contém um grande significado – dia 57
38. Peço licença para um pequeno desabafo – dia 58
39. Mozart e o poder do foco – dia 59
40. Sessenta dias em quarentena – dia 60

Domingo, 10 de maio de 2020

Back To Top