skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Como ensinar a criança a usar o vaso sanitário?

Como Ensinar A Criança A Usar O Vaso Sanitário?

Pais, fiquem tranquilos que seus filhos não usarão fraldas para o resto de suas vidas e em breve a conta vai diminuir. Alerto que talvez não seja assim tão rápido quanto você gostaria, mas acredite você conseguirá ensinar seu filho a usar o vaso sanitário e mais ainda, acredite que seu filho é capaz de absorver esse novo aprendizado.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Tem coisas que a gente só se depara quando é pai e mãe. As pessoas até podem compartilhar sobre suas experiências com relação aos seus filhos, entretanto, sempre pensamos que quando for nossa vez será diferente.

Gary Chapman e Shannon Warden em seu livro Ah, se eu soubesse!, publicado pela Editora Mundo Cristão, compartilham seus aprendizados na criação de filhos e como construir uma família emocionalmente plena, abordam o tema sobre ensinar a criança a usar o vaso sanitário como um assunto sério e que muitos pais não param e refletem sobre esse assunto, que pode trazer muita tensão aos relacionamentos.

Eles explicam como é importante olhar para essa novidade pela perspectiva da criança, pois ela pode se sentir confusa e assustada com o fato de sentar em cima de um buraco. “É para eu fazer o quê? E se eu caio nesse buraco? Eu que não vou sentar aí, não!”. Quando temos empatia por nossos filhos e nos colocamos no lugar deles podemos ser mais pacientes e carinhosos ao ensiná-los a usar o banheiro.

Como saber se a criança está pronta para usar o vaso sanitário?

Eu imagino o quanto vocês estejam ansiosos para se livrarem do custo e da sujeira que as fraldas proporcionam. Mas a primeira coisa coisa que vocês precisam fazer é observar alguns sinais de que seu filho está pronto para usar o vaso sanitário. Os autores do livro Ah, se eu soubesse trazem alguns dos possíveis sinais de que a criança está realmente pronta a iniciar o treinamento e deixar as fraldas. Confira:

  1. Se ela costuma apontar para a fralda;
  2. Se ela traz uma fralda limpa para trocar;
  3. Se ela tira sozinha a fralda;
  4. Se ela demonstra curiosidade sobre o banheiro;
  5. Se ela tem vontade de apertar a descarga;
  6. Se a criança faz perguntas sobre o uso do vaso sanitário;
  7. Se ela tem interesse pelo papel higiênico;
  8. Se a fralda, após uma longa soneca matutina ou vespertina, está seca.

Esses são alguns dos sinais, talvez seu filho apresente todos, talvez não. Por isso, é essencial que os pais observem seus filhos. Chapman e Warden alertam que inciar esse processo cedo demais poderá torná-lo mais extenso, causando frustração para os pais e para as crianças.

 

Como fazer o treinamento da criança para usar o vaso sanitário?

É fundamental que vocês comprem um troninho para que a criança possa fazer suas necessidades. Há quem opte por utilizar o redutor de assento, nesse caso é interessante ter uma escada para que a criança consiga subir sozinha e tenha apoio para os pés quando for fazer o nº2. Aqui em casa havíamos optado pelo penico, mas Cauê se adaptou melhor ao assento redutor e a Catarina foi no embalo do irmão. 

A literatura pode ajudar seu filho a compreender como funcionará a dinâmica de ir ao banheiro ao invés das fraldas. Busquei algumas referências  e fiz uma lista com 11 de livros infantis que ensinam a criança a usar o vaso sanitário e dar adeus às fraldas.

1. Cocô, xixi e pum —  Maíra Lot Micales — Editora Edipro

coco xixi e pum - edipro

Quando o Cocô, o Xixi e o Pum se encontraram, fizeram uma bagunça e tanto! É que eles descobriram que tinham o mesmo sonho: não queriam mais morar nas fraldas nem ficar manchando colchões por aí.

Cocô, Xixi e Pum contam com a sua ajuda! O desfralde é sempre um momento desafiador, tanto para as crianças quanto para seus responsáveis. Inspirado na vivência que a autora teve como mãe e ilustrado por um pai que está vivendo esse momento, este livro vai arrancar muitas risadas do pequeno leitor e incentivá-lo a tomar coragem para abandonar as fraldas de uma vez por todas.

O livro é um 2 em 1! Além da divertida história, contém um guia do desfralde para pais e cuidadores, assinado por um dos maiores nomes da pediatria brasileira, a Dra. Gilda Porta, presidente do Departamento Científico de Hepatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

O guia traz dicas e informações preciosas para ajudar no desfralde diurno e noturno, além de auxiliar nos escapes, quando a criança já não usa mais fralda. O livro é indicado para ser usado em casa e também nas escolas.

2. A incrível fábrica de cocô, xixi e pum —  Fátima Mesquita — Editora Panda Books

a incrivel fábrica de cocô, xixi e pum - fatima mesquita

Como é que aquela deliciosa pizza e aquela limonada geladinha que você saboreou com tanto prazer se transformam em… eca!… cocô e xixi? Entre na INCRÍVEL FÁBRICA DE COCÔ, XIXI E PUM para descobrir como tudo isso é produzido dentro do seu corpo. Conheça os “trabalhadores” que estão aí dentro separando do alimento tudo o que dá energia para fazer você correr, pentear o cabelo, jogar videogame e dar sustos nos outros. Já o resto da comida… bem, sobre isso é melhor você ler o livro para saber.

3. Cocô no trono —  Benoit Charlat — Companhia das letrinhas

cocô no trono - benoit charlat

Largar as fraldas e aprender a usar a privada não é tarefa fácil, nem para as crianças nem para os pais e muito menos para os professores. Essa é uma fase que envolve planejamentos e mudanças na rotina – afinal, ter de mandar dez cuecas ou calcinhas e dez shorts por dia para a escola do filho não é atividade corriqueira…

Cocô no trono é um livro divertidíssimo para qualquer um, mas muito útil para quem se vê às voltas com tantas mudas de roupa suja por dia. Estampado em formato grande, em páginas reforçadas e bem coloridas, um pintinho tira sarro de vários bichos que já aprenderam a sentar no trono – e que fazem cada um sua “espécie” de cocô. Mas, ao final, ele também apresenta sua performance (aprende a usar a privada sozinho), e para completar ainda toca a descarga, tarefa que cabe ao leitor desempenhar, apertando um botão sonoro.

Este livro é indicado para crianças a partir de 7 meses.

 

4. O que tem dentro da fralda? —  Guido van Genechten — Editora Brinque-Book

o que tem dentro da fralda - guido van genechten

Ratinho é muito curioso. Ele gosta de descobrir como tudo é por dentro. Nada escapa de Ratinho, nem mesmo as fraldas de seus amigos. Coelho, Cabrita, Cachorrinho, Bezerro, Potrinho e Porquinho, todos mostram suas fraldas. Então, claro, eles também querem ver a fralda de Ratinho. Uma grande surpresa os espera.

 

5. Cadê o meu penico? —  Mij Kelly — Companhia das letrinhas

cadê o meu penico - Mij Kelly - como ensinar a criança a usar o vaso sanitário

A coitada da Hortênsia estava louca de vontade de fazer “uma tal coisa”, mas não encontrava o seu penico por nada… Enquanto isso, a bicharada toda se divertia com um objeto misterioso. Seria uma gamela? Um tigelão? Quando eles descobrem que aquele pote serve para fazer xixi e cocô, ficam encantados com a novidade: estão todos muito apertados e não querem mais saber de sujar o terreiro! Enquanto isso, Hortênsia pergunta aos animais sobre seu penico, mas eles não o conhecem por esse nome, por isso não podem ajudar. Coitada, será que ela vai recuperá-lo a tempo? Escrita em versos rimados, esta história fala de maneira divertida sobre uma fase de crescimento e aprendizado na vida das crianças pequenas.

 

6. Caio usa o troninho —  Liesbet Siegers — Carochinha

caio usa o troninho - liesbet siegers

Caio ganhou um penico da mamãe. Afinal, as crianças mais velhas fazem xixi no troninho! A primeira vez não dá muito certo… Mas, aos poucos, Caio começa a aprender, até ficar craque no assunto!

7. Sem fraldas —  Flávia Cipriani —  Franco Editora

sem fraldas - flavia cipriani

Em casa e na escola, todos estão incentivando Duda, uma menina muito esperta, a tirar as fraldas. Será que vai dar certo?

8. Um presente incrível —  Guido van Genechten —  Brinque-Book

um presente incrível - livro infantil para ensinar a criança a usar o vaso sanitário

O pequeno elefante recebe um presente muito especial, mas não sabe bem o que fazer com o objeto. Seus pais logo explicam: trata-se de um “penico-para-xixi-e-cocô”. Mas o elefantinho não entende logo de cara o que aquilo significa. Com criatividade e uma boa dose de imaginação, ele experimenta usar o penico de diversas maneiras. Será que ele conseguirá desvendar o mistério por trás daquele objeto?

 

9. Cocô de dinossauro —  Christyan Fox — WMF Martins Fontes

cocô de dinossauro

Cocô não é novidade. Todo o mundo faz, até os dinossauros! E um dia eles resolveram descobrir quem fazia o maior cocô de todos. Este livro conta a história divertida dessa disputa. Levantando as abinhas das ilustrações, você vai ficar sabendo qual foi o resultado da polêmica! Tradução de Monica Stahel.

 

10. Apertado —  Guido van Genechten —  Brinque-Book

apertado - guido van Genechten - como ensinar a criança a usar o vaso sanitário

O cachorro está muito apertado. Mas sua irmã está usando o penico dele! Porque o rato está sentado no penico dela… O cachorro corre para todos os penicos da casa, mas estão todos ocupados. Mas ele continua apertado… o que fazer? Será necessária uma dose de coragem e autoconfiança para resolver esse problema tão urgente!

História simples e divertida, que traz um dilema com o qual os pequenos leitores facilmente se identificarão.

 

11. Tchau, fralda. Foi bom te conhecer —  Nanda Perim — Coleção Conto com você

Tchau, fralda. Foi bom te conhecer - Nanda Perim

Você sabia que o desfralde não depende da força de vontade da criança? “Tchau, fralda. Foi bom te conhecer!” é o primeiro livro do Brasil que promove e apoia o Desfralde Consciente, contemplado por quatro diferentes fases que devem ser conduzidas pela própria criança, cada uma a seu tempo. Apesar do costume de vincular desfralde à época do ano ou idade, a criança só está efetivamente pronta para esta importante transição quando ela mesma perceber que não precisa mais das fraldas, evoluindo para o interesse de não usar mais. Cabe aos pais dar espaço e tempo para a criança, sem pressa. Deixar que ela mesma guie esse processo, descubra suas capacidades e habilidades, desenvolva as ferramentas necessárias.

 

Inicie o treinamento da criança para usar o vaso sanitário

Em algum momento os pais precisam estimular a criança a se sentar no troninho ou no assento adaptado para o vaso. Alguns pediatras recomendam que inicialmente a criança sente-se no troninho vestida. O objetivo é ajudá-la a ficar confortável. Depois, peça que se sente sem roupa ou sem fralda.Caso perceba muita resistência, melhor interromper o treinamento e tentar novamente uma semana depois. Uma quebra de braço com seu filho tornará o processo mais vagaroso.” P. 60

 

Quando iniciamos o treinamento dos nossos filhos para saírem das fraldas e passar a utilizar o vaso sanitário comprei um estoque razoável de cuecas e calcinhas, como uma maneira de incentivá-los a usar as peças íntimas. Existem várias opções no mercado com desenho de personagens, basta escolher aquele que seu filho mais gosta para que ele deseje usar a calcinha e a cueca o dia inteiro. Se for verão, melhor ainda porque pode deixá-lo bem a vontade.

Comemore o primeiro xixi no vaso sanitário ou no penico. Isso significa que seu filho entendeu o conceito e a utilidade. Mas já adianto é só o começo do processo e ainda há um longo trajeto com muitos escapes e sujeiras para serem limpas. Mas não desanime! Gostei muito de uma frase que li no livro Ah, se eu soubesse: “Estar no caminho certo não é a mesma coisa que cruzar a linha de chegada.” p. 61

 

Desfralde noturno

Já compartilhei aqui no blog como foi o desfralde do Cauê  e da Catarina e os desafios que enfrentamos com cada um. O desfralde noturno de ambos aconteceu posteriormente do diurno, na maioria das vezes acaba sendo assim, mas não é via de regra.

Uma coisa que ajudou muito para que as crianças deixassem de usar fraldas à noite foi levá-los ao banheiro antes de dormir. Mas lá pelas 22h ou 23h, antes da gente dormir, levávamos novamente. Acontecia de alguma vezes molhar o colchão, como prevenção, tínhamos um saco plástico embaixo do lençol, só que quando isso acontecia era uma função né, porque tinha que trocar toda roupa de cama e da criança. O importante é ter em mente que isso faz parte do processo e que vai passar.

Os pediatras indicam que algumas crianças molharão o colchão de vez em quando durante meses, e, às vezes, anos. Sei que você espera que seu filho não faça parte desse grupo, mas não é algo incomum.” p.  62

 

Atitudes positivas para incentivar seu filho a usar o vaso sanitário

O desfralde da criança é algo a ser levado à sério, conforme proposto pelos autores do livro. Recomenda-se que não seja iniciado o processo de treinamento do uso da privada caso vocês estejam passando por algumas mudanças como troca de babá, de escola, se um de vocês trocou de emprego ou até mesmo se irão se mudar em algumas semanas. Deixe a criança associar uma coisa de cada vez.

Abaixo há algumas atitudes positivas que vocês, como casal, podem praticar e trazer à consciência do outro quando for necessário:

  • Mantenha expectativas saudáveis —  cada criança é única;
  • Divirta-se —  crie uma música para cantarem juntos como incentivo;
  • Recompense apropriadamente —  algo que ele goste, de baixo custo, prático e sensato;
  • Esteja preparado para quando seu filho precisar o banheiro —  e isso acontecerá nas situações mais inapropriadas: na hora da refeição, no meio da conversa ou do culto;
  • Conte com o fracasso —  ele acontecerá mais vezes do que você desejaria, mas não desanime!
  • Seja paciente —  a virtude da maternidade! Acredite, mais cedo ou mais tarde, seu filho aprenderá a usar o vaso sanitário;
  • Comemore os sucessos —  dance, vibre e comemore com seu filho quando ele conseguir acertar fazer suas necessidades fisiológicas no lugar apropriado.
Back To Top