skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Clube das 5 da manhã até na quarentena – dia 11

Clube Das 5 Da Manhã Até Na Quarentena – Dia 11

Hoje acordei mais tarde que o normal, mesmo assim foi antes das crianças acordarem e eu consegui ter meu momento de leitura da Palavra e oração. Engraçado pensar que isso começou em 2019, ao ler o livro O Milagre da manhã de Hal Erold. Parei durante o inverno e retomei em novembro do ano passado, até então estava conseguindo acordar às 5 da manhã. Confesso que comecei a ler o livro bem incrédula, acreditando que era tudo questão de marketing, à medida que me aprofundava na leitura só me deparava com verdade. Descobri que existe várias, milhares de pessoas que pertencem ao clube das 5am. Loucura, né? Eu sei, também acho. Mas faz tão bem!

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

A primeira a acordar foi a Catarina e logo em seguida o Cauê, fiz shake com multivitaminas para eles e aproveitei para passar pano na casa, porque como eles comeram bolo na mesinha, caiu farelos e as formiguinhas já tinham encontrado alimento. 

Diogo levantou, tomou banho e depois fui lavar o banheiro, a cada duas semanas isso tá bom, né? Essa era a minha grande missão para o sábado. Até fiz um post essa semana sobre organização do lar, com direito a um cronograma de limpeza para não se tornar a louca da faxina. Talvez eu não esteja sendo a “louca da limpeza” mas da organização, acho que sim. Melhor nem perguntar para as crianças, sabe que elas são sempre muito sinceras, né?

O Cauê e a Catarina criaram um supermercado na sala e se divertiram muito, colocaram preços e revezaram sobre quem ficava no caixa cobrando. Usaram umas moedas de cruzeiros que o Cauê ganhou para ser a moeda deles, com um cruzeiro era possível comprar dez gibis, pensa!

O almoço esquentei o macarrão carbonara que sobrou de ontem e fiz salada fresca, estou super orgulhosa da Catarina que está comendo salada de cenoura cortada em rodelas, segundo ela é a maneira que ela ama comer cenouras. Então, não ralo mais, só farei assim, né! O importante é que eles comam saladas e mantenham-se fortes.

Eu tinha visto no Instagram algumas pessoas postando uma receita de bolo de laranja, comentei com o Diogo que se animou e colocou pilha para que eu fizesse a receita. Então fui para cozinha, mesmo imaginando que as crianças não fossem comer. 

A receita do bolo de laranja da Confeitos e Afetos deu super certo, o cheirinho era irresistível e as crianças experimentaram, comeram tão bem e já entrou para o livro de receitas da família. Sobrou apenas um pouquinho, que Catarina pediu para que deixássemos para amanhã. 

Ainda teve o culto pelo YouTube que assistimos comendo pipoca. Foi engraçado porque na igreja jamais faríamos isso. Pastor Willian trouxe uma mensagem sobre a esperança de termos um modelo a seguir que é Jesus Cristo. Depois o Cauê me desafiou a falar os livros da Bíblia decor, engasguei nos livros dos profetas menores e um pouco nos do Novo Testamento. Fui procurar no Youtube música para gente decorar os livros da Bíblia e descobrimos o canal Rebeca Kids, que ensina libras para as crianças e tem várias músicas legais também.

Hora de dormir, Diogo leu um dos gibis da Turma da Mônica para eles, agora é minha vez de fazê-los companhia! 

Post Series: Diário de uma mãe em quarentena

Sábado, dia 28 de março de 2020

Back To Top