skip to Main Content
Infância

12 sabores da infância dos anos 90

Vamos ver quem é da mesma época que eu??? Alguns doces são clássicos e nos trazem aquele gostinho de infância. Lembro dos recreios na escola e das idas à verdureira comprar frutas, mas sempre vinha com uma besteirinha. Ah, como é bom lembrar! Não é mesmo? Que sabores irão marcar a vida dos nossos filhos? Alfajor da Turma da Mônica: Algum tempo foi meu lanche da escola. Lembra quando vinha com as figurinhas da Turma da Mônica da Copa do…

Continuar lendo

Maternidade Real

Maternidade real é algo que muitas vezes não é falada. As pessoas colocam fotos impecáveis no Instagram e Facebook, mas a verdade que ser mãe não é uma tarefa simples ou fácil. Existe uma doação gigantesca e que muitas vezes nem recebemos o devido reconhecimento. Sobre isso e muito mais no vídeo abaixo:    

Continuar lendo

De repente 30!

Graças à Deus eles chegaram! Não que eu esperasse ansiosamente para completar três décadas de vida. Eu pensei que passaria por alguma espécie de “crise”, sei lá, já ouvi tantas mulheres falarem sobre a crise dos 30. Também não fiquei procurando para saber onde e quando ela apareceria. Talvez a “crise dos 30” venha acompanhada com momentos de reflexão, pode ser, não sei! Contudo eu não iria considerar como um período crítico, vivo me analisando, ponderando meus passos, essas coisas…

Continuar lendo
Festa De Aniversário Em Casa

10 vantagens de fazer uma festa de aniversário em casa

A escolha do lugar é o primeiro passo para determinar a decoração do ambiente. Acredito que seja baseado no espaço disponível de decoração é que podemos efetivamente sonhar, planejar e realizar uma bela festa de aniversário em casa, por exemplo. Nesse ponto, vale destacar, não importante se é um salão de festas, a garagem de casa ou simplesmente a sala de estar do apartamento. É possível fazer decorações lindas e para isso é preciso força de vontade, pesquisa e claro,…

Continuar lendo

Gratidão II

Hoje estava dirigindo e entre tantos pensamentos, então paro em um deles: "Que bom que tenho braços" e a partir dali comecei a pensar em como é bom ter braços. Vocês já pensaram nisso??? Comecei a lembrar em como amo abraçar minha família. Lembrei como eu gosto de esmagar e fazer cócegas nas crianças. É através deles que posso demonstrar segurança quando os meus filhos ficam com medo ou que posso acalentar quando estão assustados ou doentinhos. São eles que…

Continuar lendo
Back To Top