Falar de sexo ainda é tabu na nossa sociedade. Apesar de toda exposição da mídia com relação ao assunto, ainda é um assunto que é difícil falar, principalmente depois que os filhos chegam, não é mesmo? A partir de hoje, todo mês, minha amiga querida e também psicóloga Suellen de Souza, vai estar trazendo o tema a tona… Então aproveite todas as dicas! E se quiserem perguntar, fiquem à vontade, tenho certeza que ela se sentirá feliz em responder!

sexo casamento

A chegada de um filho é um momento importante e muito aguardado por muitas famílias. Porém, ela altera completamente a vida e a rotina dos pais, são descobertas, cuidados, adaptação e novas informações. Com isso, diversos casais encontram dificuldades para retomar a vida sexual após o nascimento do bebê e neste momento é que surgem os problemas conjugais.

Algumas mulheres queixam-se da falta de libido, outras do cansaço por conta dos cuidados com o bebê, algumas ficam desconfortáveis com seu novo corpo, ou o casal simplesmente para de se sentir mais próximo em virtude de seus novos papéis sociais (pai e mãe). Além disso, a prolactina, hormônio responsável pela produção de leite materno, altera a produção de testosterona no corpo da mulher, sendo este o hormônio responsável pelo desejo sexual.

Aqui listo algumas atitudes e práticas que podem ser tomadas pelo casal para manter a sua vida sexual ativa depois que as crianças nascem:

Autoestima

Algumas mulheres têm mais dificuldades para perder os quilinhos adquiridos na gestação. Poderão surgir estrias, cicatrizes ou novas e diferentes curvas após gestar seus pequenos. Essas alterações trazem insegurança e afetam a autoestima. Mas acreditem, esses detalhes são o que menos importam para eles! Enquanto seu novo corpo se acomoda e se recupera, se admire e aproveite para explorar novas formas de sedução e conquista.

Deixe o cansaço de lado

Após as crianças finalmente irem para a cama, provavelmente você estará exausta e a última coisa que pensará será em sexo. OK… Mas não se deixe vencer por isso! Tome um banho relaxante e aproveite para trocar carícias com seu amado. O sexo também ajuda a dormir melhor, já que a ação do hormônio ocitocina durante o orgasmo também promove o sono. E não há nada que uma mãe queira mais do que uma boa noite de sono, não é mesmo?

Arrumem um tempo para vocês dois

Coloque seu relacionamento na sua lista de prioridades na agenda e reserve um tempo para vocês. Utilize sua rede de apoio para isso. Vale deixar as crianças na casa dos avós, da tia, da amiga, da madrinha. Momentos a sós devem ser valorizados, pois ajudam a fortalecer os laços conjugais e podem ser um boa fonte de energia e vigor.

ensaio-de-casal-no-parque-ensaio-de-casal-romantico-ensaio-pre-casamento-ao-ar-livre-fotografo-de-casamento-sp-ensaio-noivos-priscila-e-ricardo-00008
Photo by Rafa Ramos

Redefina as preliminares

Com filhos ao redor, é difícil ter tempo de privacidade mesmo em seu quarto. Por isso, não fiquem todo o tempo nas preliminares. A sedução e preparação podem começar pela manhã. Vocês podem enviar mensagens de texto sensuais entre vocês no decorrer do dia, deixar bilhetinhos quentes, ou trocar conversas rápidas e ousadas ao telefone. Atitudes assim são tão eficientes quanto preliminares físicas.

Sexo e a criatividade

Talvez o sexo não seja mais tão espontâneo como costumava ser antes dos filhos. O risco de interrupções também é grande. Ao invés de esperar até que todas as condições sejam favoráveis, sejam criativos sobre o local e momento para fazê-lo. Lembrando que sexualidade não envolve necessariamente a penetração. Carícias, trocas de olhar ou um beijo apaixonado pode ser tão excitante e prazeroso quanto o ato sexual.

Seja paciente

Geralmente, as novas mamães estão liberadas clinicamente para retornar a ter relações em média, 40 dias após o parto. No entanto, estar pronta fisicamente nem sempre significa estar preparada psicologicamente para a retomada da vida sexual. Se não se sente preparada e segura para isso, não force. Conheça seus limites, invista em outras formas de prazer e se necessário, procure ajuda profissional. É apenas com muita paciência e diálogo que esta fase pode ser vencida.

Essas são somente dicas rápidas sobre como é possível manter sua vida sexual ativa mesmo depois que as crianças vieram. Existem diversas e particulares formas para manter a paixão, intimidade e desejo mútuo acesos no relacionamento. Lembre-se que a intimidade sexual é de fundamental importância para um casamento sadio, é uma maneira perfeita de estimular o romance, atração e manutenção em seu casamento.

Um abraço, e muito amor e saúde para seus relacionamentos!

 

CRP 12/11147
Esposa, Mãe, Psicóloga clínica e Especialista em Psicologia e Sexualidade.
Atua com psicoterapia e terapia sexual com adolescentes, adultos e casais em Jaraguá do Sul – SC. Realiza palestras e eventos com temáticas em saúde mental e sexual.




Comente

Confira também