skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Minha primeira corrida de rua: 5 KM

Minha Primeira Corrida De Rua: 5 KM

Ao chegar em casa da minha primeira corrida de rua, pensei: “Ainda existem muitas primeiras coisas para se fazer na vida

 

Em outubro do ano 2018 comecei os meus treinos na academia. Lembro de subir na esteira, liguei e achar muito chato só caminhar, parece que o tempo não passa. Acelerei e quando vi estava começando a correr, com a simples ideia de acelerar o tempo – como se isso fosse realmente possível. E assim começaram as minhas corridas, era para aquecimento pré-musculação e…

Há um mês recebi o convite da Entrelinhas Comunica para participar do Circuito Unimed de SC de corridas de rua. De início hesitei, porque eu nunca tinha competido na vida! Mas aceitei por se tratar de um desafio pessoal a ser superado. E então comecei a treinar duas vezes na semana para correr 5KM.

Correr na esteira é bem diferente de correr em uma prova e na rua. São duas variáveis que você não tem no ambiente seguro da academia – o clima e a tensão da corrida.

Confesso que dormi mal, estava ansiosa pela prova, por perder a hora, por não conseguir, por rolar morro abaixo. Diversos cenários passaram na minha cabeça. Parece até bobeira, mas enfim… acho que faz parte da apreensão de principiante.

 

Na noite anterior ao evento, eu dormi mal pra caramba!

Tenho aquela pulseira MiBand que mede, entre várias coisas, a qualidade do sono. Eu dormi apenas 55 minutos de sono profundo e isso é pouquíssimo. Tamanho era a ansiedade que estava para a prova.

  • O relógio não despertou.
  • Acordei uma hora depois do que havia me proposto a acordar.
  • Me senti uma barata tonta para me organizar antes de sair de casa.
  • Fiz xixi duas vezes antes de sair de casa, e quinze minutos antes da largada precisei ir ao banheiro.
  • Estava inquieta, me alongava para tentar espairecer.

 

Que bobeira de nervosismo né.

 

Ao ouvir o som das buzinas e o relógio rodando larguei! Estava no meio, num bolo, mas fui! Coisas que deram errado…

  • Minha pulseira parou de sincronizar com o aplicativo do celular.
  • Restaurei a corrida no celular.
  • O metrônomo não funcionou.
  • Meu cadarço desamarrou com 1,5 km de distância.

 

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Quando vi a curva da subida do morro, deu aquele frio na barriga. Agora era a hora da verdade, não treinei morro, mas se os meus treinos de resistências fossem bons, eu daria conta. Vi muitas pessoas ficando para trás e pensei: Minha chance, vamos lá!

 

Me mantive correndo durante todo percurso.

 

Quase chegando começou a bater o cansaço. Aquela vontade de caminhar, para tentar recuperar as forças, mas dai a minha vozinha interior começou a “brigar” comigo:

– Você não pode caminhar! Correu até aqui, vai continuar correndo.

Duas mulheres me ultrapassaram e eu não sabia como elas tinham fôlego para isso. Rs!

O cansaço sumiu de mim quando vi o relógio marcando menos de 31”.

– Não acredito. Dá um gás aí para fechar antes dos 31” então garota!

 

Minha primeira corrida de rua e eu terminei em 12º lugar da minha faixa etária, com o tempo de 30”42’.

 

Nada mal para quem só queria correr para aquecer, não é mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top