skip to Main Content

Educação Ambiental com muita diversão para as crianças

Educação Ambiental Divertida Para As Crianças

Para que uma criança adote uma postura socialmente correta e viva bem em sociedade, é preciso incentivar atitudes sustentáveis na rotina dela, de tal modo que faça parte de seu dia a dia e passe a ser algo natural. É essencial que as crianças mais cedo aprendem a importância de preservar o meio ambiente. Então, nada melhor do que prepará-las para se tornarem futuros consumidores conscientes e adultos responsáveis.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Seguem abaixo, algumas dicas para os pais ensinarem sustentabilidade para seus filhos. Com elas, as crianças se divertem e ainda aprendem sobre este aspecto cada vez mais importante da vida: a consciência ambiental.

5 dicas para tornar a educação ambiental divertida

1ª dica – Crie cartazes de educação ambiental

Para promover a redução do consumo de energia e água, peçam as crianças que criem pequenos cartazes ou lembretes que sinalizem desses cuidados. Espalhe pela casa os bilhetes em pontos estratégicos, próximos a interruptores e torneiras.

2ª dica – Faça mutirão familiar

Promover um mutirão de limpeza que envolva toda a família, para que seus filhos compreendam a importância da separação correta e da reciclagem dos resíduos. Ensine a diferença de cores dos compartimentos da coleta seletiva. Realize com elas a separação dos resíduos domésticos, o seco dos úmidos, e ainda, reaproveitar alguns itens para projetos artesanais.

3ª dica – Proporcione contato com a natureza

Levar os filhos para os parques e realizar piqueniques é uma ótima oportunidade para ter um contato direto com a natureza. Sair um pouco da rotina de ir a shoppings, locais fechados, e buscar mais atividades e brincadeiras ao ar livre com elas. Parques florestais, jardim botânico, áreas florestais de um modo geral, são ótimas opções de passeios ecológicos.

4ª dica – Ensine seu filho o valor dos brinquedos reciclados

Os brinquedos ecológicos cada vez mais estão ganhando força no cenário de entretenimento. Os pais estão mais preocupados em estimular seus filhos a desde cedo compreender toda essa desordem climática que estamos vivenciado dia a dia. Eles são feitos de materiais menos agressivos ou reciclados. Transmitem valores como respeito ao próximo e ao meio ambiente.

Ensinam a reciclar através de jogos, outros geram energia limpa, como a energia eólica, baterias solares entre outros. Além disso, a criança poderá até criar o seu próprio brinquedo, a partir do reaproveitamento de materiais (mencionados na 2ª dica) unindo assim, reciclagem e diversão.

5ª dica – Aposte em livros educacionais sobre o tema

A leitura, independente da área de conhecimento, é sem dúvida, a melhor forma de contribuir para o desenvolvimento social e intelectual da criança. A melhor maneira de educar é através de uma experiência atrativa e prazerosa, ou seja, com base nos conceitos de edutainment, que combina educação com entretenimento.

Essa é a proposta do livro “Passatempos Ecológicos do Lucas”, que usa o recurso lúdico para despertar a consciência ambiental do público infantil. Lucas é um duende ecológico que busca sensibilizar as crianças e jovens para que adotem atitudes corretas em relação às questões do meio ambiente, da sustentabilidade e uma vida mais saudável. 

Este é o segundo livro do meu personagem título pois, em 2012, eu lancei o “Almanaque Ecológico do Lucas. Assim como o primeiro, o livro “Passatempos Ecológicos do Lucas” chama a atenção da sustentabilidade de nosso planeta de uma maneira divertida e interessante. O livro incentiva práticas que conscientizam sobre a importância da preservação ambiental através de jogos educativos como caça-palavras, testes, cartuns, quadrinhos, curiosidades e muitas brincadeiras ecológicas. 

O livro “Passatempos Ecológicos do Lucas” além de ensinar ecologia às crianças, também difunde a sustentabilidade na hora da compra do livro. Ele só é impresso depois da venda, ou seja, você encomenda seu livro pelo site da editora, e só depois disso ele é impresso. Com isso, nada de estoques parados nem de desperdício de papel. Dessa forma, a impressão sob demanda usa os recursos naturais de forma racional e inteligente, contribuindo para garantir a médio e longo prazo um planeta melhor. É a economia aliada à praticidade e à consciência ecológica. 

Para conhecer mais sobre o livro, acesse o site da editora no link: http://podeditora.com.br/produto/passatempos-ecologicos-do-lucas/

Mas, lembre-se que o pontapé inicial da educação ambiental deve vir de casa, principalmente a partir do exemplo dos pais no dia a dia. Além disso, o ensino de educação ambiental nas escolas ou em instituições especializadas no assunto colaboram neste processo.

Texto de Léo Valença – cartunista

Back To Top