Quando as coisas fogem ou trocam, ou mudam ou se transformam… é preciso repensar.

Recriar, replanejar, reinventar, refazer….

Observar o belo, o simples.

Rever os paradigmas, observar a história e reaprendem para que possamos reorganizar…

E continuar a caminhar!

– Outro dia passeando com o pequeno, ele para e olha pra cima. Eu não ia parar, ia continuar… e ele me fez olhar e terminei dizendo para ele:

Obrigado filho!

Porque as coisas mais belas, são as coisas mais simples!

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente

Confira também