skip to Main Content
Mudanças Físicas Que Acontecem Durante A Gravidez

Mudanças físicas que acontecem durante a gravidez

Durante o período gestacional, o corpo da futura mamãe passa por muitas mudanças. Entre essas, físicas, bioquímicas, sociais e também emocionais. Isso ocorre, pois a gravidez é um processo fisiológico que requer mudanças para o desenvolvimento do bebê e a preparação para o parto. Ainda, essas alterações ajudam a mulher a adaptar-se ao período gestacional para manter uma boa saúde.

Todos os sistemas e órgãos da mulher sofrem alterações durante a gravidez, com surpreendente rapidez para acomodar as necessidades do feto que esta em constante crescimento e para o preparo para seu nascimento. Para que esse ocorra é necessário que as células se multipliquem com nutrição adequada, juntamente com aumento da circulação sanguínea e oxigenação perante o corpo da mulher.

As mudanças físicas na gravidez

Além disso, mudanças no sistema endócrino nos primeiros meses da gestação são evidentes, como alteração na quantidade do estrogênio. Esse estimula o aumento do útero que durante a gestação irá manter o bebê para seu crescimento.

altura-uterina - mudanças físicas na gravidez

Entre as adaptações do sistema reprodutivo, o estrogênio também estimula aumento da vascularidade em virtude da influência hormonal e a mucosa vaginal se espessa, torna-se ácida e branca. Essa secreção denomina-se leucorréia.

Os ovários também sofrem alterações, aumentando o suprimento sanguíneo e interrompendo a ovulação, pois os níveis de estrogênio e progesterona bloqueiam as secreções de FSH e LH.

As mamas, sofrem mudanças físicas para iniciar o preparo da produção do leite humano sob comando de vários hormônios que atuam no organismo materno. Essas ainda tornam-se mais volumosas, mais sensíveis ao contato e crescem durante a gravidez devido ao estrogênio e progesterona. O aumento ocorre em volume da mama, tornando-se mais visíveis e devido ao aumento da circulação e vascularização local.

anatomia da mama - alterações da gravidez

Após o parto e durante o puerpério, ocorre à produção do leite, e são ativados pela prolactina e ocitocina. Durante a gestação não é liberado leite devido à inibição da progesterona. Além da mamas, também os mamilos sofrem alteração física, ficando maiores e mais eretos para que a glândula se mantenha lubrificada.

Ocorre também alteração respiratória, à medida que o útero cresce, o comprimento disponível para distensão dos pulmões reduz. Isso leva ao trabalho maior do diafragma, realizando mais ativamente sua função respiratória. Geralmente a respiração da gestante é mais rápida e mais profunda, pois necessita de oxigênio para si e para o feto.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

transformação do corpo da gestante

Alterações no sistema músculo-esquelético são evidenciadas durante toda a gestação. Ocorre relaxamento das articulações e ligamentos sacroilíacos e da sínfise púbica, com objetivo de aumentar a cavidade pélvica e tornar o parto mais fácil.

Outra alteração significativa que ocorre durante a gestação junto à alteração da pelve é a diástase abdominal, que possui a função de distender as fibras musculares do abdomem e colaborar ao crescimento do bebê.

diastase abdominal

O centro de gravidade da mulher desloca-se para frente, o que exige um realinhamento das curvas da coluna vertebral. Isso provoca acentuação da lombar, gerando postura com hiperlordose e curva cervicotorácia mais acentuada para auxiliar da distribuição no centro de equilíbrio. A gestante também passa a exercer a marcha anserina, que se acentua no final da gestação.

centro de gravidade da gestante - mudanças físicas na gravidez

luciana gili vieira

Fisioterapeuta, Crefito 10 – 112732-F

Esp. Fisioterapia Dermato-Funcional

Instrutora do Método Pilates no Studio Upilates Joinville-SC

E-mail: lucianagili.pilates@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top