skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Ganho de peso na gravidez está relacionado ao sexo do bebê?

Ganho De Peso Na Gravidez Está Relacionado Ao Sexo Do Bebê?

Vocês já perceberam que as pessoas estão sempre procurando padrões para conectar os sintomas da gravidez ao sexo do bebê. E embora muitas dessas conexões sejam baseadas apenas em mitos, existem dados concretos para mostram que há certo padrão. Um estudo recente afirma que quanto mais peso você ganha durante a gravidez, maior a probabilidade de você dar à luz um menino.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

 

Essa notícia vem de um estudo publicado no PLOS One (uma revista científica de acesso livre disponível apenas online, publicada pela Public Library of Science), que analisou dados de quase 70 milhões de nascimentos em quase um quarto de século. Determinou que o aumento do peso da gravidez se correlacionava com os bebês do sexo masculino. Obviamente, o estudo identifica uma correlação, não uma causa. Portanto, isso não significa que se você evitar ganhar peso durante a gravidez isso garantirá que consiga engravidar de uma garota.

 

Como o ganho de peso está relacionado ao sexo do bebê?

 

Quando as futuras mamães ganham cerca de 10 quilos, elas entregam cerca de 49% dos bebês do sexo masculino – menos da metade. Mas quando as mulheres grávidas ganharam cerca de 18 quilos, elas deram à luz meninos 52,5% das vezes. E quando eles ganharam cerca de 30 quilos, o nascimento de meninos foi uma notável marca 54 por cento do tempo.

Kristen J. Navara, o médico endocrinologista e pesquisador da Universidade de Georgia, analisou os dados e justificou: “É possível que essa relação resulte do fato de embriões e fetos masculinos possuem taxas metabólicas mais altas e provavelmente precisem de mais energia calórica para se desenvolver com sucesso”.

Bom, eu particularmente não faço parte da estatística, visto que na gestação do meu menino ganhei 7,5 quilos e na da Catarina ganhei 12 quilos. Contudo, confesso que fiquei bem curiosa para saber se essas estatísticas também se associam às brasileiras. Eu adoraria saber se isso combina com a sua experiência – Me conte tudo nos comentários!

Back To Top