skip to Main Content

Falha de FIV: saiba quais são os motivos

A fertilização in vitro (FIV) é um dos procedimentos mais assertivos para os casais que sonham em ter um bebê, mas que, por uma série de motivos, não conseguem pelos métodos naturais de concepção. A taxa de gravidez por essa técnica chega a ter 50% de sucesso. Embora seja um índice positivo, temos que lembrar que metade dos procedimentos não alcança o resultado esperado. Mas o que pode levar à falha da FIV? 

Anúncio
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais
[newsletter_signup_form id=2]

O que é considerada falha da FIV?

Diz-se que houve uma falha da FIV quando o procedimento não resultou em uma gravidez de sucesso, seja porque a mulher não engravidou, seja pela ocorrência de um aborto espontâneo ao longo da gestação.

Estudos apontam que um terço das causas mais comuns para as falhas de FIV está relacionado à qualidade do embrião. Os restantes dois terços, à receptividade do endométrio ou à interação entre o endométrio e o embrião.

Anúncio

Os motivos para a falha da FIV são diversos. Conheça os principais. 

Fatores maternos

– Idade da mulher: quanto mais avançada a idade, menor a chance de gravidez;

– Baixa quantidade ou qualidade dos óvulos maternos: se a mãe não produz óvulos em quantidade suficiente ou se eles não estão adequados para a fecundação, a chance de falha da FIV aumenta;

Anúncio

Fatores uterinos ou tubários: problemas no útero ou nas tubas uterinas dificultam o desenvolvimento do embrião, como pólipos, miomas, endometriose, adenomiose, entre outros;

– Trombofilias: são caracterizadas por promoverem alterações na coagulação sanguínea que resultam em um maior risco para trombose, ou seja, formação de trombos que entopem os vasos sanguíneos do endométrio, o que faz com que se torne mais difícil a implantação dos embriões no útero.

Fatores paternos

– Baixa qualidade ou quantidade dos espermatozoides: várias são as causas que podem levar a esse quadro, como varicocele, alterações hormonais, processos infecciosos ou infertilidade idiopática (quando não é possível definir a causa);

Agentes infecciosos, como o vírus HPV, podem estar relacionados a piores resultados reprodutivos no homem.

Fatores imunológicos

Alguns problemas imunológicos podem ser causas de abortamento de repetição ou falha da FIV.

Fatores embrionários

– Embriões com alterações genéticas: para o sucesso da implantação e da futura gravidez, o embrião deve possuir uma carga genética normal e expressá-la de maneira adequada.

Fatores relacionados ao procedimento

– Falhas no procedimento de transferência: se o processo de transferência embrionária não é realizado da maneira correta e o embrião não é devidamente inserido no útero materno, as chances de falha da FIV são grandes. Isso pode ocorrer tanto pela falta de material adequado quanto pela falta de experiência e conhecimento da equipe médica responsável pelo procedimento.

Alguns exames podem ajudar a identificar possíveis doenças ou alterações que estejam levando à falha da FIV, como a ultrassonografia transvaginal, histerossonografia, histerossalpingografia, histeroscopia, ressonância magnética, espermograma e avaliações hormonais.

Anúncio

Muitos casais passam pelo procedimento de fertilização in vitro várias vezes, sem sucesso. Por isso, é importante compreender o que está acarretando as falhas da FIV para que o tratamento adequado seja iniciado o quanto antes. Contar com um especialista em Reprodução Humana é um dos primeiros passos para que o sonho de formar uma família seja alcançado.

Anúncio
Back To Top