skip to Main Content

Conheça os melhores alimentos para as gestantes

Alguns alimentos podem interferir na tão sonhada maternidade, por isso manter-se nutrida colabora com todas as etapas da reprodução humana, desde a fecundação até a gestação.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

A nutrição tem um papel fundamental para assegurar uma gravidez sadia tanto para a mãe quanto para o feto. Por meio do alimento, assegura-se a fertilidade, além de manter o peso adequado.

O casal preocupado em engravidar deve fazer mudanças alimentares para garantir a boa produção de óvulos e espermatozoides que gerem um feto saudável.

Alimentação adequada x gestação sadia

Ter uma rotina desregrada de exercícios físicos e nutrientes influencia na capacidade reprodutora das pessoas, principalmente, quando se associa a esse fator uma rotina estressante e desregulada de sono.

Ao iniciar as tentativas de reprodução humana, siga algumas dicas para melhorar sua dieta, como:

  • Consumir frutas e vegetais variados;
  • Evitar alimentos processados e fast food;
  • Ingerir carne vermelha com moderação;
  • Diminuir o consumo de cafeína e refrigerantes;
  • Incluir peixes na sua alimentação;
  • Prefira carboidratos integrais;
  • Evitar o consumo de gorduras trans;
  • Beber 2 litros de água;
  • Atenção ao funcionamento do seu intestino.

Uma dieta balanceada vai ajudar na manutenção do peso, pois a obesidade pode dificultar a gravidez, além de proporcionar para mãe e o feto, vitaminas importantes para seu desenvolvimento.

Priorize o consumo de frutas frescas, castanhas, legumes, peixes de água salgada e azeite de oliva. Esses alimentos auxiliam na fertilidade e saúde. A prática de exercícios também ajuda nas modificações que o corpo sofrerá durante a gestação e ajuda no parto.

Lista de proibidos

O consumo de álcool, tabaco e alguns alimentos devem ser evitados durante esse período de gravidez por apresentarem prejuízo para o processo, inclusive diminuindo as chances de gravidez.

Elimine do cardápio bolachas e biscoitos recheados, salgadinhos chips, batatas fritas, bolos e tortas, sorvetes, pães doces, pipocas de micro-ondas, temperos prontos, requeijão e margarina, barras de chocolate e derivados.

Ou seja, alimentos hipercalóricos, com ingredientes nocivos e de gordura trans devem ser banidos por serem pouco nutritivos e propiciarem o acúmulo de gordura corporal.

Esse aumento de gordura interfere diretamente na produção de hormônios femininos e, consequente no ciclo menstrual da mulher. No entanto, o sobrepeso também atinge a fertilidade dos homens.

Reprodução humana

Não há soluções milagrosas para a reprodução humana, o casal deve mudar sua rotina, caso não tenha hábitos saudáveis, pois esse comportamento tem uma influência grande na fertilidade.

A ideia é manter o equilíbrio entre alimentação, exercícios, sono e estresse para que o bebê seja gerado num ambiente saudável e tranquilo, evitando problemas de má formação.

Para maiores orientações, o casal pode contar com especialistas diversos, como nutricionista, endocrinologista, ginecologista, psicóloga. Além de sugerir alterações na rotina, esses profissionais podem solicitar exames para criar um protocolo individualizado conforme as deficiências dos pacientes.

Trabalhar de forma preventiva colabora para o sucesso do processo, já que se pode identificar doenças ou irregularidades que possam interferir na gravidez, caso não sejam solucionadas.

Às vezes, medidas simples serão suficientes para solucionar a disfunção, em outros momentos, um tratamento mais específico pode ser indicado.

Back To Top