skip to Main Content

Como funciona a terapia de reposição hormonal?

Como Funciona A Terapia De Reposição Hormonal?

A Terapia de Reposição Hormonal (TRH) é a suplementação de hormônios (sintéticos ou naturais) para repor a baixa deles, ocasionada pelo climatério, também conhecido como menopausa.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

A gente considera a menopausa como um diagnóstico retroativo, ou seja, somente um ano após menstruar pela última vez que podemos usar esse nome. Vale lembrar, no entanto, que mesmo antes da menopausa ser estabelecida, a mulher pode sentir alguns de seus sintomas. Normalmente, essa fase ocorre por volta dos 50 anos de idade.

Esses sintomas são imprevisíveis: nem toda mulher os sente e cada uma tem um sintoma específico, com intensidade e a duração também variáveis. Os mais frequentes são calores (que chamamos de fogachos), alteração de humor, insônia, alteração de peso e ressecamento vaginal.

A TRH traz para a mulher o padrão hormonal próximo ao que ela tinha antes, aliviando e ou até mesmo eliminando os sintomas. Além disso, a terapia de reposição hormonal pode melhorar pele, ossos, cabelo, libido e autoestima. Mas é importante frisar que esse recurso não deve ser utilizado apenas para resultados estéticos.

Como a TRH pode ser feita? Através de comprimidos, géis ou adesivo para a pele. A duração do tratamento pode variar, dependendo da paciente.

 

Ganho de peso é um sintoma da menopausa?

Os sintomas da menopausa são imprevisíveis. Começando pelo fato de que nem toda mulher sentem tais sintomas. Quando vivenciam algum desses sintomas, eles são diferentes de pessoa para pessoa. Além disso, possuem intensidade e duração também variáveis, ou seja, você pode sentir calores muito fortes, enquanto sua amiga sente apenas um calorzinho.

Entre os sintomas mais frequentes podemos citar, sim, o ganho – ou perda – de peso. Além dele, existem os famosos calores (que chamamos de fogachos), alteração de humor, insônia e ressecamento vaginal.

Lembrando que esses sintomas podem ser amenizados ou mesmo eliminados com o tratamento adequado, portanto não deixe de conversar com o seu médico sobre isso!

 

 

Rodrigo Ferrarese, o especialista é formado pela Universidade São Francisco, em Bragança Paulista. Fez residência médica em São Paulo, em ginecologia e obstetrícia no Hospital do Servidor Público Estadual. Atua em cirurgias ginecológicas, cirurgias vaginais, uroginecologia, videocirurgias; (cistos, endometriose), histeroscopias; ( pólipos, miomas), doenças do trato genital inferior (HPV), estética genital (laser, radiofrequência, peeling, ninfoplastia), uroginecologia (bexiga caída, prolapso genital, incontinência urinaria) e hormonal (implantes hormonais, chip de beleza, menstruação, pílulas, Diu…).  Mais informações podem ser obtidas pelo canal no YouTube e também pelo Spotify –https://linktr.ee/dr.rodrigoferrarese

Back To Top