skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais
Como Aproveitar As Pequenas Coisas Da Vida?

Como aproveitar as pequenas coisas da vida?

Quando você está sobrecarregado com as intermináveis ​​responsabilidades cotidianas da vida, é fácil espalhar vibrações negativas para sua família e focar no mal em vez do bem. Você não sabe qual será seu ponto de inflexão, mas ele certamente chegará. Se ele já chegou, definitivamente, marcou sua vida.

Mãe, você já se sentiu tão sobrecarregada com o desenrolar na vida que você não sabe como você está fazendo isso durante o dia, mas não tem tempo para se auto-avaliar e cuidar da sua  saúde emocional? Podemos viver no piloto automático e no modo “go go go” tanto que às vezes é preciso uma bofetada na cara (metaforicamente) para perceber que precisamos fazer um inventário de como estamos vivendo nossas vidas cotidianas.

Assim como a maioria das mães que trabalham fora, minha vida tem sido aquela correria. São tantas tarefas para dar conta: academia, trabalho, em casa tem que lavar, passar e cozinhar, brincar com os filhos, dar atenção ao marido, escrever para o blog, publicar nas redes sociais um conteúdo bacana e que chame a atenção de vocês para curtirem e comentarem. Fora o período da TPM, já temos motivos suficientes para ficarmos estressadas não é mesmo?

Eu lembro de um dia que estava muito quente (e o calor deixa a gente mais brava!), eu precisava sacar em um caixa eletrônico do Banco Bradesco, a minha digital não funcionava. Nem na primeira, nem na segunda, nem na milésima tentativa, mas não bastasse isso, meu filho mais velho estava com fome, minha filha mais nova era bebê e queria mamar e eu derretendo no calor, esbravejando com o mundo.

Chega um atendente do banco, todo simpático e me pergunta se está tudo bem e se ele poderia ajudar. Eu logo xingo o bendito do caixa eletrônico porque não está funcionando comigo. Ele calmamente me direciona para falar com a gerente para refazer a minha digital. Tipo assim: Sério? Ok, entrei no ar condicionado e tirei o peito na frente do gerente (homem) como se fosse a coisa mais normal do mundo. Olhei para ele (mansa – #sqn) Se eu não der de mamar para ela, ela vai ficar mais estressada do que já está e eu ainda mais porque pelo menos sei me expressar.

Naquele dia eu surtei! O gerente fez o que precisava fazer, resolvi o problema e fui para casa uma hora depois dar de comer para meu filho mais velho, que não sei como, aguentou esperar aquela eternidade de atendimento.

No fim, descobri que não havia nada de errado com o caixa eletrônico, mas que minha ansiedade e estresse acelerou os meus batimentos cardíacos, por isso ele entendeu meu nível de estresse e identificou como uma possível tentativa de assalto sob a minha pessoa. Nunca mais coloquei a minha digital “sob pressão”, parece engraçado, mas serviu de lição.

 

Procurando o melhor caminho

Aquela situação me fez perceber a maneira que eu estava vivendo a minha vida. Eu entendo a importância de encontrar alegria em todos os momentos da vida e apreciar as pequenas coisas, mas eu nem sempre pratico isso. São essas situações que acontecem que me ajuda a abrir os olhos para lembrar de viver o momento e não permitir que os desafios da vida ditem minha felicidade, especialmente quando isso afeta meus pequenos.

A vida pode ser desafiadora, mas temos uma escolha em como enfrentaremos os bons e maus dias. Um exercício interessante para fazer como uma espécie de inventário é elaborar perguntas bobas para si mesma: Eu me lembro do que meu filho de nove anos me disse depois da escola ontem? Eu esqueci o livro que li para as crianças há três dias antes de dormir? Lembro-me da minha parte favorita do nosso fim de semana? Confesso que não consegui responder a nenhuma das perguntas porque minha mente está preocupada com os cuidados da vida, em vez de viver nos momentos preciosos que nunca voltarei.

Então como posso me lembrar de ficar presente e encontrar alegria nas partes mais corriqueiras e muitas vezes desafiadoras da vida?

Posso elaborar melhor a pergunta: O que nossos filhos vão lembrar sobre sua infância? Os pequenos momentos costumam ser mais especiais que os grandes. E talvez ensinar a como amar a vida seja um presente fantástico para dar aos nossos filhos. Amar a dobrar a roupa, a cuidar da louça e do jardim, amar o momento de sentar na mesa e fazer uma refeição em família e tantas outras oportunidades comuns e que serão eternas.

 

Lembre-se de que você é o exemplo para seus filhos. Mostre-lhes que é possível encontrar alegria nas pequenas coisas todos os dias. Se você quer que seus filhos experimentem alegria todos os dias, você precisa ser a primeira a experimentar. Se você está lutando para que haja mais alegria em sua casa, comece com você. Se você não está experimentando alegria, é uma boa chance que seus filhos não sejam capazes também.

Mas a boa notícia é que você pode mudar e começar uma jornada de descobrir grande alegria na criação dos filhos. Pode ser uma batalha, mas acredite, vale a pena! Lute pela sua alegria e você e toda a sua família se beneficiarão!

 

10 ideias para aproveitar as pequenas coisas da vida:

 

  1. Se você está se sentindo ansioso ou preocupado: liste 5 coisas pelas quais você é grato.
  2. Se seu filho está frustrando você, diga ao seu filho o que você mais ama sobre ele.
  3. De manhã, decida o que é essencial para o dia. Escolha três coisas para fazer, assim você não se pressionará com tarefas tediosas que não são a prioridade do dia.
  4. Treine você e seus filhos para procurar o bem e o belo em tudo e em todos. Todos os dias teremos oportunidades de nos concentrarmos no negativo E no positivo, no mau E no bem. Decida que o que você vai pensar e falar será o positivo, o belo e o bom.
  5. Saiba em que estação da vida você está – isso ajuda no contentamento.
  6. Decida que todo dia é um bom dia e ajude seus filhos a pensar dessa maneira também.
  7. Quando você se encontrar pensando em cinco passos à frente, respire fundo e encontre algo de positivo para focar, como os rostos de seus pequenos.
  8. Ao fazer uma tarefa que precisa ser executada que normalmente não seria muito divertida, como lavar roupas, pratos, refeições, limpar ou limpar folhas, use esse tempo para dizer em voz alta todas as coisas pelas quais você pode pensar que você é grato por … Ou ouça um podcast encorajador ou música divertida. Torne isso agradável.
  9. Descubra o que preenche sua alma e incorpore essas coisas em sua vida. Você precisa de tempo com amigos, tempo sozinho para processar, uma aventura divertida, uma noite de encontro, uma saída criativa e saudável?
  10. Coloque em prática pequenas rotinas que ajudem a trazer beleza e ordem à sua vida e que contribuam para sentimentos de alegria.

 

Experimente essas dicas de como você pode aproveitar as pequenas coisas da vida e veja como sua atitude e sua vida cotidiana mudam para melhor. Você vai se surpreendem como a sua alegria vai contagiar a sua família. Mas lembre-se é um exercício diário.

Tem outras dicas de como aproveitar as pequenas coisas da vida que funcionam com você e na sua família? Deixe nos comentário, vai ser ótimo aprender com você também!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top