skip to Main Content
Armazenar As Papinhas Dos Bebês Com Segurança

Armazenar as papinhas dos bebês com segurança

A maternidade é composta por diversas fases. Cada mês traz uma nova descoberta e, consequentemente, o início de um novo momento na vida da família. Um dos períodos mais significativos na fase de um bebê é a introdução alimentar, geralmente iniciada aos seis meses.

É nesta etapa que você está iniciando a definição do paladar da criança e fazendo com que ela crie uma relação com o alimento. Para que isso ocorra da melhor forma possível, e que essa fase seja proveitosa, alguns pontos devem ser considerados, um deles é o armazenamento. A especialista em Gestão da Segurança de Alimentos, Laís Sabrine de Oliveira, passa algumas dicas sobre o assunto para ajudar os papais e as mamães neste período tão importante.

Dicas de como armazenar as papinhas do bebê 

Para quem tem uma rotina apertada e não sobra muito tempo para cozinhar todos os dias uma nova papinha, uma das dicas é o congelamento do alimento.

Segundo a especialista, é possível sim congelar com segurança, mas é preciso atenção desde o início do processo. “É importante o cuidado com a segurança dos alimentos em todo o preparo da refeição. Isso vai desde a higienização da matéria-prima, manuseio dos alimentos, até o armazenamento em embalagens limpas e bem conservadas. E depois de pronta a papinha deve ser levada imediatamente para o freezer. Uma dica é retirar a panela do fogo e mergulhar imediatamente numa bacia com gelo, para dar um choque térmico, desta forma evita que o vapor deixe aquelas “gotículas” de água na tampa da embalagem”, explica.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Dionlini Chupel, coordenadora de Qualidade da Plasvale, uma das maiores empresas de utilidades domésticas do país, explica que também é importante buscar por utensílios que, além de práticos, sejam seguros. “O mais indicado para congelamento são os potes específicos para essa finalidade e que tenham tampas em fechamento hermético, devido a sua excelente vedação. É ideal que os produtos sejam de alto padrão de qualidade, testados, aprovados e livres de Bisfenol A, ou seja, produtos 100% atóxicos, próprios para o armazenamento de comida, garantindo segurança para o consumidor”, comenta.

Todo alimento preparado pode ser mantido congelado por até cinco dias. Mas não é indicado descongelar e depois congelar novamente, essa ação ocasiona uma oscilação de temperatura que favorece proliferação de micro-organismos. “O descongelamento pode ser feito em geladeira, onde a média de espera é de cinco horas, ou no fogão. Mas o mais indicado é o banho maria, que garante as propriedades nutricionais. Jamais pode ser feito o descongelamento em temperatura ambiente, devido ao alto risco de multiplicação de bactérias”, ressalta Laís.

Você sabia da importância desses cuidados? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas possam cuidar na hora de armazenar as papinhas do bebê!

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top