skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais
5 Coisas Que Os Pais Não Devem Fazer Em Ambiente Escolar

5 coisas que os pais não devem fazer em ambiente escolar

Confesso que eu não sou aquela mãe super organizada e tenho certa dificuldade de me lembrar das tarefas que meus filhos tem fazer ou levar para a escola. E quando tem alguma atividade e que eu esqueço, fico me sentindo culpada e a pior das mães. Infelizmente, sei que não estou nesse barco sozinha e que isso acontece em outros lares.

Mas essa é uma das coisas que incomoda os professores, afinal de contas, eles tem uma programação planejada com as crianças e para dar certo, precisam da nossa colaboração. Veja 5 coisas que nós pais não deveríamos fazer e que afeta diretamente o ambiente escolar:

Salve a socialização

Todos nós queremos nos conectar com o professor do nosso filho, mas adivinha o quê? Ela não precisa de uma nova melhor amiga. Não leve para o lado pessoal, mas ela tem um trabalho a fazer e esse trabalho é ensinar seu filho. Mesmo apenas um gesto simpático da sua parte: “Como foi seu fim de semana?”, em uma manhã de segunda-feira pode prejudicar a agenda do dia inteiro.

A professora precisa atender e cuidar de muitas crianças ao mesmo tempo, e aquele não é o melhor momento de conversar com você. Por isso existe agenda. Contudo, isso não quer dizer que você não possa ser amigo do professor do seu filho. Por todos os meios, diga olá, compartilhe um sorriso.

Conheça seus limites. Você está trabalhando em conjunto para proporcionar ao seu filho a melhor experiência educacional possível, não para marcar um ao outro no Facebook.

Cumpra as regras estabelecidas para o ambiente escolar (sim, você!)

Acontece que há muitos adultos por aí que não acreditam que as regras se aplicam a eles. Lembre-se, você não é a exceção. Isso significa que não há estacionamento para a equipe, naqueles dias você está atrasado e tem uma reunião super importante.

Existem instituições que as portas permaneceram trancadas durante o dia e os visitantes precisam entrar em contato, entrar e obter um crachá da secretaria antes de poderem entrar nos corredores. Se existe uma regra no ambiente escolar é para a segurança do seu filho, então seja o primeiro a cumprir.

Pare de “mimimi” sobre as férias dos professores

Não diga ao professor do seu filho: “Deve ser bom ter esse tempo todo de férias!” Em vez disso, tente algo como “Espero que você descanse e volte com as energias renovadas para os próximos 10 meses“. Todos merecem férias, inclusive os professores. Mantenha os comentários passivo-agressivos para si mesmo e lembre-se de que ensinar é uma profissão como poucos.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

A prioridade dos professores manter seus filhos seguros, eles não tem 5 minutos para respirar quando estão com dores de cabeça. Sem mencionar que muitos professores passam suas férias se atualizando ou planejando cursos. Em outras palavras, fique feliz que o professor de seu filho esteja descansando e recuperando as energias para o próximo ano letivo.

Respira e não pira!

Embora seja bom estar preparado para o ano letivo, não se preocupe com as pequenas coisas. A lista de materiais é uma sugestão do que as crianças vão precisar durante aquele ano. Você não precisa se preocupar em qual será a melhor cola, grande ou pequena, desde que seu filho tenha uma cola. Entende? Não precisa pirar o “cabeção”!

Não seja um preguiçoso

No outro extremo do espectro, estão os pais excessivamente negligentes que dificultam os trabalhos dos professores porque não podem ser incomodados. Por exemplo, se seu filho tem uma doença anafilática, a melhor coisa que você pode fazer para seu filho é enviar uma dose extra do remédio na bolsa. Nunca se sabe o que pode acontecer, tomara Deus que não precise ser utilizado, mas se precisar é melhor que o remédio esteja na bolsa! Afinal de contas, é uma questão de vida ou morte.

Outra coisa, a maioria das escolas pedem para que os pais enviem roupas extras para seus filhos. Eles não estão imunes de se sujarem ou se molharem, melhor do que deixar eles com roupas molhadas é fazer a troca por uma outra roupa da própria criança, certo?!

Uma outra coisa que as escolas pedem é para nomear os pertences dos seus filhos, com etiquetas ou canetas permanentes. Desde roupas a objetos que ficam na escola como protetor solar, repelente e escovas de dentes. Depois os pais não sabe porque os materiais/roupas se perdem, ainda colocam culpa na professora que não guardou direito. Oi?

 

Temos apenas uma criança para cuidar de seus pertences, para ir às reuniões para estar atentos a uma agenda. Podemos facilitar muito a vida dos professores se estivermos do lado deles procurando lhes auxiliar nas simples tarefas que eles nos pedem. Vocês não acham que é bem mais simples cuidar de um do que de 20?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top