Há quem diga que organização com criança pequena é mito ou coisa rara. Estou muito longe de ser a pessoa mais organizada nesse mundo, muito mesmo. Mas desde que o meu filho  nasceu tenho tentado melhorar nesse quesito. E posso dizer que aos 2 anos de idade meu pequeno já me da grandes lições de organização. Sim, tenho aprendido com ele.

Aliás, ele não pode ver uma porta de guarda-roupa aberta ou uma manga de camisa pra fora que ele mesmo dá um jeito de colocar pra dentro e fechar as portas. Tudo bem que é uma coisa simples, mas são as pequenas coisas que no final das coisas fazem grande diferença. Por exemplo os brinquedos: é normal as crianças pararem de brincar com um brinquedo e já quererem começar a brincadeira com outro, não há problema alguma, mas no final do dia haja empenho pra chegar do trabalho e colocar a casa inteira em ordem. Então estabelecemos o seguinte princípio, coisa do papai… Quando o pequeno quer brincar com outro brinquedo, primeiro tem que guardar aquele que ele está brincando. Assim a casa fica em ordem e a brinquedoteca também.


Não proibimos de se divertir, mas incentivamos o a manter a organização. Aprendendo desde pequeno há uma grande probabilidade de manter isso na fase adolescente e adulta. É aquela coisa, não é metódico, não é uma regra que não pode ser quebrada, mas não custa tentar, vai que dá certo!!

Imagem: We Heart It

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂





Comente

Confira também