skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Homem-Aranha no Aranhaverso e 5 lições do filme

Homem-Aranha No Aranhaverso E 5 Lições Do Filme

O filme Homem-Aranha no Aranhaverso tem como personagem principal um Homem-Aranha adolescente e como todo mundo sabe, essa não é aquela fase mais fácil de se encarar como pais. Na verdade, eles estão passando por tantas transformações física e emocionais que se sentem sobrecarregados com tantas decisões a tomarem.
Acredito que os dramas enfrentados pelo teen no filme é muito do que os adolescentes pensam e enfrentam. Por mais que a mudança fosse radioativa do personagem, há sim as mudanças físicas a serem enfrentadas na puberdade.

5 lições que as crianças e adolescentes podem aprender com o Homem-Aranha no Aranhaverso

Não se importe com o que as pessoas vão pensar

A cada dia isso se torna mais importante, não é mesmo? Como pais nos preocupamos com as influências externas, com as pressões que a sociedade impõe para que eles se enquadrarem em determinados grupo de amigos. A autoconfiança é moldada desde a infância. Eles precisam estar seguros de quem são para que nessa idade isso não seja mais uma preocupação. Palavras negativas só vai contribuir para a autodestruição da imagem deles com relação a eles próprios. Não é bajulação, mas os pais têm um importante papel na formação do caráter para lhes dar segurança de quem eles são. É estimulá-los a não desistirem e é incentivá-los a sonhar grande e a perseguirem seus próprios sonhos.

Seus pais sempre estarão prontos para te ouvir

Isso é uma coisa que eles podem ficar ressabiados: Confiar em seus pais seus próprios segredos na certeza de que eles não irão espalhar por aí. E isto está bem explícito durante todo filme do Homem-Aranha no Aranhaverso, o adolescente enfrenta suas crises pessoais sozinho, mesmo que o pai queira estar ao seu lado.

Essa é aquela fase do primeiro amor, da primeira paquera e também das frustrações amorosas. Você vai estar aberta, receptiva a ouvir seu filho falar que está apaixonado? Ou vai ficar fazendo ciuminho tentando manter o controle sobre ele? A sua reação vai determinar como ele vai se comportar daqui para frente.
Queremos que nossos filhos tenham liberdade de compartilhar seus segredos e frustrações. Para isso, precisamos incentivá-los a falar desde pequenos. Eu sei que eles podem falar muito em determinada época e que você até pode querer um minuto de sossego. Lembre-se que é muito importante estar atenta ao que eles querem contar, por mais que não seja tão interessante assim para você.
Se você tiver mais de um filho, procure ficar momentos a sós com cada um, para que eles tenham a oportunidade de serem ouvidos única e exclusivamente por você, sem compartilhar sua atenção com os outros irmãos.

Não fugir das situações

A vida pode ser ingrata em determinadas situações, seja um trabalho na escola, um jogo que o time perdeu ou até mesmo uma tarefa doméstica a ser cumprida por eles. Podem reclamar, podem chorar, podem bater os pés, mas a situação não vai mudar porque eles fizeram isso.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Precisamos explicar (e cumprir) que se eles se candidataram para fazer determinada aula extraclasse, irão fazer até o fim do ano, mesmo não gostando. Não desistir das coisas pelo meio do caminho é importante para ensinar-lhes a não fugir das situações que se encontrão na vida.

Cuidado com quem é seu modelo de vida

As influências existem, não apenas da mídia, das redes sociais, mas ainda existem as influências próximas. Os adolescentes podem mesmo querer aquele celular de última geração porque o colega popular tem e eles querem se “enquadrar” naquela turma.
Investir em amizades com amigos próximos pode ser uma boa estratégia. Contar com o apoio dos padrinhos na adolescência pode ser fundamental, para aquelas horas que eles não querem compartilhar informações com os pais, mas necessitam de um ombro amigo. Ou então, para aquele momento que você precisa que um conselho sábio seja dado, mas seu filho não está te escutando. Independentemente de qual seja a situação necessária, eles precisam ter bons modelos de vida, seja os pais, os padrinhos, seus melhores amigos. Crie boas referências desde pequenos, porque quando chegar nessa fase, você certamente irá precisar.

Para as grandes decisões da vida, você nunca saberá se estará realmente pronto.

Essa frase ficou martelando na minha mente depois que assisti o filme do Homem-Aranha no Aranhaverso, porque o adolescente para fazer as coisa que o Aranha de verdade faz precisa tomar decisões e atitudes mesmo quando ele não se sente pronto para encarar aquela adversidade.
Da mesma maneira, nossos filhos adolescente farão decisões importantes como escolher a faculdade, seu primeiro emprego e mais um bocado delas. Para muitas dessas grandes decisões da vida, não se sentirão prontos, aptos ou capazes, de qualquer maneira, é necessário encarar, aprender e se adaptar as mudanças que virão. Eles não saberão se estarão prontos, entretando contarão com nosso apoio e incentivo mais uma vez e sempre que precisarem, saberão que estaremos ao lado deles.

E vocês já assistiram o Homem-Aranha no Aranhaverso? O que acharam? Compartilha conosco as leituras e aprendizados que você tirou do filme!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top