skip to Main Content
Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Como fazer a diferença na vida das pessoas?

Como Fazer A Diferença Na Vida Das Pessoas?

Diante da tragédia de Brumadinho, o que você tem falado em casa, ao redor da mesa, perto dos seus filhos? Tem culpado o governo? Tem exclamado que no Brasil só há corruptos que saem impunes? Não, você não está em um portal de política, contudo essa é uma reflexão sobre a indignação que manifestamos diante das crianças. Sim, também fiquei indignada com a impunidade e tive compaixão por aquelas pessoas que perderam tudo, talvez até a esperança. Em um momento tão delicado, podemos nos questionar como fazer a diferença na vida das pessoas? Será que vale a pena? Por que faria alguma coisa se há tanta corrupção no mundo?

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Se você tem crianças por perto, provavelmente já deve ter percebido como elas são esponjinhas e absorvem tudo que fazemos e falamos. Até mesmo repetem para seus amigos ou para desconhecidos aquilo que “aprenderam” em casa – ou seja, elas aprendem o tempo inteiro, sem botão de desligar.

Ensine às crianças pequenas ações que fazem a diferença na vida das pessoas

E diante de tantas notícias, nós precisamos conversar com as crianças sobre  como podemos fazer a diferença na vida das pessoas, para o bem ou para mal. Dependendo da idade da criança é importante mostrar para ela como os pequenos detalhes fazem a diferença: ao ajudar o amiguinho que caiu no chão ou dar um sorriso para uma pessoa desconhecida são pequenas ações que talvez façam a diferença. Podemos até não saber, porém pode ter sido fundamental na vida daquela pessoa ou daquela criança. Dessa forma, mostramos às crianças como impactar a vida das pessoas de forma positiva.

Para as crianças maiores, é possível mobilizar pequenas ações como visitar um abrigo para crianças, recolher os papéis da rua ou então visitar uma região carente da cidade e levar alimentos, brinquedos e roupas. Nós não sabemos o que as pessoas estão precisando e às vezes estaremos levando o alimento para o corpo, mas dar um abraço e dizer uma palavra de consolo e esperança, pode ser o combustível para motivar aquelas pessoas.

As tragédias de Mariana e de Brumadinho nos fazem refletir sobre a solidariedade, sim!  E também que a vida é um sopro, nós não sabemos o dia de amanhã, mas podemos fazer a diferença agora e cada pessoa importa.

A cidade é mais limpa porque há pessoas que trabalham e se dedicam para mantê-la assim. Se a sua cidade é segura é porque há pessoas que fazem o policiamento que é feito com excelência. Na minha cidade, existem ótimas escolas, parques infantis, ciclovia que podemos levar as crianças brincar. Isso tudo foi planejado e arquitetado pela mente de alguém e isso é realmente incrível. Precisamos mostrar esses mínimos detalhes para nossos filhos e compartilhar a gratidão. Porque nós somos quem somos por causa das pessoas ao nosso redor.

Ao ensinar que os pequenos detalhes fazem a diferença, que eles podem fazer a diferença para tornar o mundo um lugar melhor para se viver, estaremos criando seres humanos mais conscientes do que é ser humano. Aprenderão que as coisas simples podem fazer diferença na vida das pessoas. Não é preciso ser multimilionário para ajudar o próximo, as pequenas atitudes mudam o mundo!

 

O que vocês tem falado em casa diante da tragédia de Brumadinho e de tantas outras que estão acontecendo?

Back To Top