skip to Main Content

Dia das crianças

Para mim essa semana das crianças foi uma das mais divertidas desde que parei de brincar de bonecas. Para alguns era a maior besteira, as pessoas das redes sociais trocando seus avatars por personagem de desenho animado, gibis ou personagens que marcaram época.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Achei divertido relembrar não somente do que eu assistia como CRUJ, Mundo de Beackmann, Power Rangers e Punk, mas também dos brinquedos como os tazos, o aquaplay e o tamagotchi. Além disso, nas lembranças vem as traquinagens de infância: esconde-esconde, pega-pega, rouba bandeira, pé na bola (espécie de esconde-esconde), taco (bets); sem contar os machucados que hoje as cicatrizes não permitem que eu me esqueça de quando, onde, como e porque aconteceram.

Infância é isto! É além das telinhas da televisão ou do computador. É conhecer e explorar a natureza e suas possibilidades. Descobrir cachoeiras, acampar, tomar água da nascente, subir em árvores e colher do seu fruto, roubar goiaba. É aprender a andar de bicicleta caindo, andar de patins, tropeçar e se equilibrar. É chutar a bola e grita: “GOLLL” e ainda sair fazendo aviãozinho de comemoração, mesmo que não tenha nenhum goleiro além do imaginário.

É calçar os sapatos e roupas da mamãe e sair desfilando como se fosse uma princesa; é casar as Barbies com o mesmo Ken dez vezes mais sempre achar uma nova história pros dois, é não cansar de tomar chá com as bonecas, mesmo que seja apenas água fria ou o suco que sobrou do almoço.

Pular corda, correr, andar sob as muretas, rolar no gramado, contar as estrelas, imaginar formas nas nuvens. Sonhar com as mais diversas profissões e querer ser cada uma delas.

Ser criança é explorar o mundo dentro de si mesma.

Back To Top