skip to Main Content
3 Livros Para Apresentar A Cultura Indígena Aos Pequenos

3 livros para apresentar a cultura indígena aos pequenos

Antes dos europeus chegarem por aqui, nosso país era todo formado por povos indígenas. Hoje, infelizmente, poucas tribos restaram, mas elas ainda resistem! Conhecer essas raízes é muito importante para valorizarmos parte de quem somos. Por isso, apresentar desde cedo aos pequenos a cultura indígena é fundamental para que as novas gerações não se esqueçam das raízes que formam o povo brasileiro.

Pensando nisso, o Blog Leiturinha preparou uma dica super especial: 3 livros infantis sobre cultura indígena! Confira:

Boca da Noite: Histórias que Moram em Mim

boca da noite - livro

Autor: Cristino Wapichana

Ilustrador: Graça Lima

Editora: Zit

Melhor idade: A partir de 7 anos

Este livro ganhou o 3º lugar do Prêmio Jabuti e o prêmio de melhor ilustração na FNLIJ, em 2017. Não é atoa que este livro foi tão premiado, o texto cativa e as ilustrações nos transportam para o universo indígena em segundos. A história traz à tona tradições indígenas e a viagem do sonho. Um livro que vale a pena ser lido e que se tornará facilmente um dos favoritos do seu pequeno!

Tem Tupi na Oca e em Quase Tudo que se Toca

tem tupi na oca - cultura indigena

Autor e ilustrador: Walther Moreira Santos

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Editora: Autêntica

Melhor idade: A partir de 6 anos

Pelo próprio nome já dá pra notar que este é um livro em rimas. Sabia que as palavras “tijuca”, “açaí” e “amapá” são palavras Tupi-Guarani? Este é um livro infantil muito divertido que brinca com as palavras do nosso cotidiano de origem indígena e acaba virando um trava-línguas no final! As ilustrações não deixam de lado a diversão, e a cultura é reafirmada num glossário nas últimas páginas.

Descobrindo o Xingu

dia-do-indio-leiturinha-xingu

Autor: Marco Hailer

Ilustrações: Juliana Basile

Editora: Carochinha

Melhor idade: A partir de 6 anos

Você tem um nome? Onde você vive? Como você vive? É convidando o pequeno leitor a contar sobre sua cultura que começa esse lindo livro. Com uma linguagem bastante gostosa, esta obra revela vários aspectos de cada um dos povos do Xingu e os hábitos de cada aldeia.

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top