skip to Main Content

Como escolher os brinquedos para as crianças

O dia das crianças está chegando e escolher presentes para elas é sempre muito divertido, mas muita gente pode esquecer que a diversão é um dos quesitos mais importantes na hora da compra de um brinquedo, mas não é o único, principalmente quando o assunto são bebês e crianças mais novas, que exigem cuidado redobrado.

A brincadeira é um processo essencial na vida da criança, é durante esses momentos que ela vai se preparar para a vida adulta, desenvolvendo capacidades para lidar com sentimentos mais intensos, como ansiedade, dor, angústia e alegria, por exemplo. E, ainda, é quando vão se desenvolver algumas habilidades como criatividade e capacidade motora. Vários estudos apontam que os adultos que tiveram mais tempo e liberdade para brincar na infância, tem tendência a serem mais equilibrados e preparados para os desafios da rotina da vida adulta.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

Durante os primeiros anos de vida a criança desenvolve várias habilidades em um curto período de tempo, por isso é muito importante escolher os brinquedos corretos para ajuda-la nessas tarefas. Antes de comprar um brinquedo, a primeira questão a ser pensada é: “Que benefícios ele trará a criança?”, pois para gerar a atenção e o interesse é preciso mais do que ser colorido, por exemplo, o brinquedo precisa oferecer um desafio, não muito complexo, mas que gere curiosidade e, assim, a vontade de brincar.

Além dos cuidados tradicionais com a segurança com os bebês que envolvem desde ter o selo de certificação de qualidade do Inmetro, até não terem peças que possam se soltar e causar acidentes, também é importante se preocupar com a fase pela qual a criança está passando.

 

 

Até o primeiro ano de idade, a criança ainda não anda então os brinquedos mais adequados são os que fiquem ao alcance da mão, até mais ou menos três meses os mobiles para berços, por exemplo, são ideais, pois o esforço para alcançar o brinquedo ajuda no desenvolvimento da capacidade motora. A partir dos 9 meses, os produtos com peças para montar já são indicados, pois ajudam a criança a começar a desenvolver a habilidade de encaixar. Além disso, escolha preferencialmente brinquedos sonoros, já que o bebê está acostumado a ter contato com o mundo através dos sons desde o período em que esteve na barriga da mãe, mas esses sons devem ser suaves, nada muito alto.

        A partir dos 10 meses, a mobilidade da criança aumenta e essa habilidade pode ser exercitada com mesas de atividades, por exemplo, que atraem a atenção e ajudam a incentivar a criança a começar a se levantar. Começar a colocar os brinquedos um pouco mais longe dela na hora da brincadeira para que ela se movimente até ele também pode ser uma