skip to Main Content
Andar De Bicicleta

Andar de bicicleta

Acredito que uma das lembranças mais marcantes da nossa vida é quando aprendemos a andar de bicicletas sem rodinhas. Uma alegria misturada com aquele frio na barriga na possibilidade de cair um tombo, tentado se equilibrar. Depois que aprende a andar de bicicleta também nunca mais esquece.

Por volta dos 5 para os 6 anos tentamos incentivar várias e várias vezes o Cauê a tirar as rodinhas e aprender a andar de bike sem o auxílio delas. Mas o medo de cair era maior, queria sempre a gente segurando na parte de trás do assento. Abandonou a bicicleta antes mesmo de nos mudarmos para o apartamento.

Andar de bicicleta sem rodinhas? Ok!

Então levamos a bicicleta para a casa da vó, tarefa para ele e para o dindo, era encher os pneus e limpar. Não deu outra! Depois de poucos auxílios para equilibrar e dar o start na pedalada aprendeu e se libertou do apoio das rodinhas.

A coragem bateu e como se fosse um passe de mágica perdeu todo medo. Começou a descer um pequeno morro que tem na rua sem saída da casa da minha sogra, descia e entrava portão a dentro. Ganhou um joelho ralado com um sorriso no rosto.

Tablet? TV? Oi? Até esqueceu que isso existe, passou a tarde treinando e se divertindo! Como é bom ser criança!!!

Sobre as telinhas

Precisamos incentivar mais as crianças serem crianças. Esse excesso de informações gera muita ansiedade, e eles ainda são muito imaturos para lidar com tantas coisas ao mesmo tempo. Se para nós adultos ficar de frente para as telinhas faz mal, imagina para as crianças. Dizem alguns especialistas que é viciante. Então cuidado! Até seu filho saber administrar o tempo correto em frente as telas, seja você o administrador desse tempo.

Incentive que ele brinque de bicicleta, patins, skate, encontre algo que seu filho goste de brincar e gastar energias. Você vai perceber que até o sono e o humor deles vai melhorar.

E aí, seus filhos já conquistaram a independência das rodinhas ao andar de bicicleta ou ainda está faltando prática e coragem? Comenta aí!

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top