skip to Main Content
Álbum Da Copa é Uma Oportunidade De Ensinar Valores Para Nossos Filhos

Álbum da Copa é uma oportunidade de ensinar valores para nossos filhos

Post Series: Copa do Mundo

O álbum deixou a Copa do Mundo com um brilho especial para o Cauê e acredito que para vários outros meninos também. Nós não compramos logo que lançaram, na verdade, ele teve um desafio pessoal para conseguir ganhar o álbum. E por isso, acredito que ele deu um pouquinho mais de valor.

Completar o álbum é a grande meta, óbvio! Mas a parte mais divertida é trocar as figurinhas, ver cada seleção tendo jogadores, time e brasão completos, sem contar as legends e as douradas tão preciosas e segundo eles “difíceis” de conseguir.

As trocas começaram e o Cauê começou contar que um amiguinho da escola só troca dourada por dourada e que outro está cobrando X valor por uma dourada. Nós estamos na fase que só faltam as douradas. Fomos nos pontos de troca de figurinhas da nossa cidade e o papo de alguns meio que é o mesmo!

Lá em casa temos o seguinte pensamento: É tudo figurinha! Se comprar direto da Panini as que faltam, iremos pagar R$ 0,40. Então mais do que esse valor não tem porque pagar.

E tem umas pessoas que com uma conversa: “Vamos negociar?” A banca chegou a colocar um cartaz alertando as pessoas sobre os preços abusivos e para dar preferência para que sejam trocadas figurinhas por figurinhas.

A prática de vender ou comprar figurinhas que são repetidas para outro não é errada, afinal de contas, você vai pagar por elas de qualquer modo, a diferença que ao invés de comprar um pacote sortido de figurinhas, você já compra as que precisa para ajudar a completar o álbum da Copa do Mundo.

Conversando com algumas mães, elas também perceberam que há essa injustiça na prática da compra/venda das figurinhas. Achei muito interessante a frase que ela diz para o filho: “Vamos embora filho, que esse titio não sabe trocar figurinhas direito”.

Aproveite o Álbum da Copa do Mundo para transmitir valores para seu filho

Esse é uma grande oportunidade de ensinar seu filho a ser solidário, já pensou sobre isso? Se eu tenho uma figurinha que você não tem, porque não posso te ajudar de uma forma justa e boa para os dois?

Já aconteceu conosco de algumas pessoas aceitarem figurinhas repetidas para nos ajudarem a completar o álbum da Copa. E ensinei o Cauê a fazer o mesmo, quando ele tem algum amigo que precisa de uma figurinha que ele já tem, aceita uma repetida para que o amigo possa se beneficiar. Quando formos na banca novamente, poderemos vendê-las ou até mesmo trocar por outras figurinhas.

Você acha que ganhar dinheiro é mais importante que ajudar as pessoas?

Se você vende/compra figurinhas pelo valor mais alto que ela vale está concordando com a corrupção. Autch! Sim, corrupção. Para que concordar em pagar mais caro por algo que está disponível para todos pelo preço oficial? Em épocas de Lava Jato, falar de corrupção dói, não é mesmo?

As crianças irão repetir os gestos que aprendem na infância, os valores que elas vão levar para a vida adulta são trabalhados na tenra idade e acredito que “ter que tirar vantagem em tudo” não seja exatamente algo saudável de se ensinar. Momentos como a troca de figurinhas são uma oportunidade lúdica de aprendizado que eles vão levar para o resto da vida delas.

Você acha que dinheiro é mais importante que ajudar as pessoas? Pense bem quando for “negociar” por uma figurinha.

Assim como no futebol, é preciso de um time para completar o álbum

Você sabia que é necessário R$ 272,80 para completar o álbum da Copa do Mundo? Você até pode comprar tudo isso em pacotes, mas mesmo assim correr o risco de pegar várias repetidas e não completar o álbum.

Nós não compramos todas as figurinhas, fez parte do nosso time: as duas vovós, o dindo, a dinda e os amigos. Todo mundo desembolsou um pouco de dinheiro, deu figurinhas para que o Cauê conseguisse seu objetivo. Ainda não está completo, sabemos disso e estamos trocando com os amigos e vamos na banca, conseguimos mais uma ou outra figurinha.

Receba dicas e conteúdos sobre gravidez, maternidade e criação de filhos. Compartilhando aprendemos mais

As crianças podem aproveitar esse momento para envolver os familiares. Na banca vejo vários avós com seus netos trocando figurinhas e acho isso tão lindo. Conversando com um deles, disse que o neto falou para a mãe que o vovô é o melhor do mundo!

Não viemos ao mundo sozinho e precisamos de outras pessoas para crescer e evoluir, e o álbum da Copa é uma maneira de mostrar isso para eles, falar sobre a importância da coletividade.

Uma arte a ser aprendida: Paciência

Em um mundo dinâmico, o imediatismo se tornou uma resposta para tudo. Se o site demora para carregar nós saímos. Se a pessoa visualiza o whatsapp e não responde é porque algo não está certo. E nós queremos ensinar as crianças a esperar de que forma?

Penso que o álbum da Copa do Mundo é um bom exemplo e exercício de paciência. São 682 figurinhas a serem compradas e conquistadas!

Para o Cauê agora faltam poucas figurinhas e já poderíamos pedir direto da Panini, mas eu ainda prefiro esperar e aproveitar para ir à banca, ter essa convivência e também ensinar sobre paciência. Às vezes vai acontecer de só conseguir achar uma figurinha que faltava, mas pode ser que consiga mais.

Paciência é algo bem difícil para eles assimilarem, como falei, o imediatismo está rolando solto. É tudo para ontem. Então deixa eu aproveitar essa chance de ensinar sobre conquistar as coisas aos poucos e de ficar feliz com as pequenas conquistas. A gente sabe que a vida real é assim, não é mesmo?

blogmamaeecia_autoral_copadomundo

Eu sei que o mundo não é perfeito, mas o que eu posso fazer para ensinar sobre uma vida correta, quero passar para meu filho. Confesso que muitas vezes isso depende de muito esforço e paciência da minha parte. Contudo, se acredito ser importante para sua vida adulta é importante eu ensinar quando ele ainda é criança.

Nós vendemos figurinhas a um preço justo. Nós trocamos figurinhas, mesmo quando não é necessária para completar o álbum e apenas para ajudar um amigo. Estamos conquistando figurinha por figurinha e vibrando com cada uma delas!

Essa é a Copa da Inocência do Cauê e quero que ele aproveite cada minuto, que ela seja intensa e inesquecível! Quero que ele cresça pensando no bem coletivo e que vibre com suas pequenas conquistas.

 

E você, quais valores quer transmitir para seu filho com o álbum da Copa do Mundo? Que situações vocês encontraram que não querem ensinar seus filhos? Deixe seu comentário e vamos trocar figurinhas sobre este assunto!

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top