Eu já te escrevi tantas cartas, deixava-as na janela e ficava cantando aquela musiquinha: “deixei m eu sapatinho na janela do quintal, como é que Papai Noel, não se esquece de ninguém…”, ok, eu já nem lembro ela inteirinha e certinha, mas lembro que aguardava ansiosamente pelo dia 25 de dezembro… Lembro que a minha lista era sempre maior dos presentes que eu ganhava e olha que eu sempre fui uma boa menina, obediente e comportada, só tirava notas boas. 😀

Tudo fez muito sentido quando cresci e descobri (não lembro como) que era a minha mãe que tirava o suado dinheirinho do bolso dela para comprar o presente que eu tanto queria! Hoje… já não existem mais as cartas e nem a janela…

Penso que seria muito legal se você fosse mais que trilhardário e distribuísse presentes para as crianças, pensando bem, você seria um excelente investidor que sabe usar muito bem o seu dinheiro para render todos os anos mais e mais presentes.

Gosto tanto de você que seria legal se você pudesse além de dar presentes, resolvesse as guerras, a fome, as crises, as dores…

Creio, no fundo, que essa é a magia que você plantou nessa época, as pessoas que se amam procuram se reunir, esquecem as diferenças e avenças, sonham por algo melhor, torcendo pra que no ano novo que se aproxima tenha mais amor, compaixão, carinho, alegria, paz, união, dinheiro (por que não?).

Seria muito, mas muito legal mesmo se você existisse… Eu gosto tanto de você que às vezes a idéia de você estar no Pólo Norte ou sei lá aonde com as suas henas e elfos… Faz bem! Mas olha, conselho, quando você vir pro Brasil, esquece essa roupa super quente aí, e põe logo uma bermuda bem coloridona e uma camisa regata que aqui faz calor, viu. Não combina com essas suas roupas, não! E ahhh, as casas aqui não costumam ter chaminés, não sei se reparou! 😉

Bom, mas na incerteza que você existe, eu continuo sendo uma boa menina, procuro educar meu filho para que ele também seja um, e tento fazer do mundo ao meu redor um melhor lugar para se morar…

P.S. Meu presente esse ano? Hmm… Eu iria ficar bem contente com a mega da virada, ok? 😉

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂





Confira também