Eu fico encantada como o Cauê viaja no mundo do LEGO. Quando percebo ele está misturando as brincadeiras e criando “mundos” novos. Tem dias de manhã que acorda e a primeira coisa que faz é sentar no chão e montar e desmontar mais coisas. Não é à toa que o aniversário de 4 anos dele, foi com esse tema. Quem nos acompanha no stories sabe o quanto as crianças brincam com o LEGO aqui em casa.

Eis que então me deparei com um post de uma professora explicando o valor matemático que as pecinhas de plástico têm para a aprendizagem do aluno/filho. Ela afirma que enquanto a criança brinca com os blocos de LEGO estão atentas e desenvolvendo sua noção de espaço e proporção.

Vou mostrar alguns exemplos de como a professora ensina alguns conceitos matemáticos com a peça de LEGO.

Primeiro conceito: Partes X total

Numa brincadeira simples com as crianças é possível observar que eles fazem isso com naturalidade. Por exemplo: duas pecinhas de LEGO de dois compõem uma de quatro quando necessário para fechar um espaço. Ou como o exemplo da professora, uma peça de três com uma peça de um, formam um total de quatro.

lego_partparttotal

Segundo conceito: Multiplicação com LEGO

Ela explica diz tentou com grãos de arroz, passas e até mesmo moedas explicar o conceito multiplicação. Mas, após várias tentativas, a melhor solução foram as peças de LEGO. Ela também aproveita o engajamento das lições de multiplicação para exercitar as contas de divisão. Aqui em baixo tem as imagens para vocês verem como é legal olhar para o LEGO.

lego_squarenumbers0

lego_mult03

Fica até mais fácil para aprender, não é mesmo?

Terceiro conceito: Frações com LEGO

Frações sempre dão um nó na nossa cabeça não é mesmo? O único exemplo que lembro é da pizza e suas fatias. Achei bem criativo a maneira que ela abordou a frações com as pecinhas de LEGO, dá só uma olhada.

lego_fractions02

lego_fractions01

Matemática se tornou mais colorida, divertida e muito mais fácil de ser compreendida, não é mesmo? Gente achei o máximo essas aulas da professora Alycia Zimmerman, se você clicar no nome dela será redirecionado para seu site.

Acredito que cada vez mais nossas crianças precisam ser envolvidas de forma criativa nas escolas. Ela demonstrou que dessa forma poderemos captar muito mais a atenção deles para a vida acadêmica! E aí, conhecem mais alguns exemplos de professores revolucionários?

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂





Confira também